A nova picape Strada, da Fiat, parece com Mobi, Argo ou pode ser considerada uma mini Toro?

O lançamento da nova versão está previsto para junho / Divulgação
O lançamento da nova versão está previsto para junho / Divulgação

A apresentação da nova Fiat Strada, modelo que mantém a liderança do segmento de picapes compactas há duas décadas, foi reagendada para junho – isso se a evolução da pandemia permitir. Para aproveitar a expectativa gerada pelo lançamento adiado e como as fotos do modelo começaram a “vazar” na imprensa, a própria Fiat resolveu “escancarar” todos os detalhes da nova geração de sua picape compacta antes mesmo do lançamento. Agora, a picape larga de vez a frente do extinto Palio e incorpora a “cara” do Mobi e do Argo – com uma inequívoca inspiração na picape média Toro.

A traseira da nova Strada lembra sua prima-irmã Toro / Divulgação
A traseira da nova Strada lembra sua prima-irmã Toro / Divulgação

A segunda geração de fato da Strada vem com faróis em Leds e quatro airbags de série na configuração com cabine dupla e o E-Locker – controle de tração avançado e de estabilidade e assistente de partida em rampa em todas as versões. São três as configurações, com rodas de 15 e 16 polegadas: a mais completa, a Volcano, traz motor 1.3 Firefly de 109 cavalos abastecido com etanol, cabine dupla e câmbio manual. A Freedom, intermediária, com o mesmo propulsor, terá opção de cabine simples e dupla. A de entrada, a Endurance, será equipada com o 1.4 Fire de 88 cavalos, cabines simples e dupla e câmbio manual de 5 velocidades. Uma versão do modelo antigo seguirá em oferta até 2021: a Working, apenas com cabine simples e propulsor 1.4. Nas versões de cabine simples é possível levar uma moto e se aventurar também pelo mundo das duas rodas

Na caçamba da versão de cabine simples cabe uma Honda CRF 250 /Divulgação
Na caçamba da versão de cabine simples cabe uma Honda CRF 250 /Divulgação

A nova picape tem 4,48 metros de comprimento, 1,73 metro de largura, 1,57 metro de altura e 2,73 metros de distância de entre-eixos, com peso de 1.176 quilos. Entre os atributos da nova Strada já divulgados pela FCA estão o aumento da robustez e segurança, com altura em relação ao solo crescida para 20,8 centímetros, ângulo de ataque (o da frente) de 24 graus, controles de tração e estabilidade, airbags laterais (além dos obrigatórios frontais) e manutenção da suspensão traseira com feixe de molas. A cabine simples passará a ter a maior capacidade de carga da caçamba de sua categoria, com 1.354 litros – podendo transportar uma moto trail de média cilindrada em diagonal no compartimento –, ficando com 844 litros para a de cabine dupla. A central multimídia Uconnect de 7 polegadas espelha o Android Auto e o Apple CarPlay e é integrada com a câmera de ré.

O interior da picape média da Fiat foi completamente atualizado / Divulgação
O interior da picape média da Fiat foi completamente atualizado / Divulgação

Em termos de equipamentos e itens de série, a versão Endurance, com preços estimados em R$ 65 mil na cabine simples e R$ 72 mil na dupla, conta de fábrica com controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, direção hidráulica, ar-condicionado, volante com ajuste de altura, preparação para som, computador de bordo, cinto de segurança com ajuste de altura, luz de uso diurno (DRL), porta-escada, caçamba com protetor, iluminação e tampa com alívio de peso e rodas de aço com pneus 195/65 R15. Como opcional, a configuração pode receber o Pack Worker (alarme, travas e vidros elétricos, brake-light, banco do motorista com ajuste de altura), a R$ 2.500, o Pack Audio (rádio, porta USB frontal e volante multifuncional), a R$ 2.500, e o Pack Tech (multimídia com tela de 7 polegadas, display digital de 3,5 polegadas no painel de instrumentos, duas portas USB, câmera de ré e sensor de estacionamento), a R$ 3.500.

A nova Strada terá vários pacotes de equipamentos opicionais / Divulgação
A nova Strada terá vários pacotes de equipamentos opicionais / Divulgação

A Freedom, com preços presumidos de R$ 73 mil na cabine simples e de R$ 80 mil na dupla, adiciona à Endurance direção elétrica, brake-light, banco do motorista com ajuste de altura, travas, vidros e retrovisores elétricos, chave com telecomando, alarme, display digital de 3,5 polegadas no painel de instrumentos, sensor de pressão dos pneus, rádio, porta USB frontal, volante multifuncional, porta-luvas com iluminação, alça de segurança para passageiro, rodas de liga leve de 15 polegadas, maçanetas e capas de espelhos externos na cor da carroceria e faróis de neblina. Como opcional, pode ter o Pach Tech (multimídia com tela de 7 polegadas, câmera de ré e sensor de estacionamento) com preço de R$ 3 mil.

844 litros é a capacidade de carga para a versão de cabine dupla / Divulgação
844 litros é a capacidade de carga para a versão de cabine dupla / Divulgação

A topo de linha Volcano – exclusivamente com motor Firefly 1.3 e cabine dupla, possivelmente a R$ 85 mil – acrescenta vidros elétricos na traseira, bancos com tecido em relevo e faixas de couro, multimídia de 7 polegadas, duas portas USB, câmera de ré, sensor de estacionamento, volante de couro, jogo de tapetes, faróis de leds, capota marítima, barras longitudinais no teto, santantônio e pneus 205/60 R16 em rodas de liga leve de 16 polegadas. A versão “top” não tem opcionais e deve ganhar câmbio automático em um segundo momento.

O novo conjunto óptico da Strada conta com iluminação de Led /Divulgação
O novo conjunto óptico da Strada conta com iluminação de Led /Divulgação

Quanto à produção efetiva da nova picape, ainda é preciso esperar o desenrolar da crise gerada pela expansão desenfreada do Covid-19 em território nacional. Em Minas Gerais e Pernambuco, parte dos empregados se dedica à manutenção e fabricação de respiradores, confecção de máscaras de proteção facial e adequação de instalações em hospitais de campanha. Os interessados em mais detalhes sobre a nova Strada podem se cadastrar na página www.fiat.com.br/novastrada.html, podendo acompanhar novas informações sobre o lançamento e até se candidatarem aos primeiros exemplares da picape.

Texto: Daniel Dias / AutoMotrix

A nova Strada parece mais com Toro, Argo ou Mobi? Divulgação
A nova Strada parece mais com Toro, Argo ou Mobi? Divulgação

Linha do tempo

1998 – é lançada em três versões: Working 1.5 (76 cavalos), Trekking 1.6 8V (92 cavalos) e a topo de linha LX 1.6 16V (106 cavalos).

1999 – chega a versão com cabine estendida, inédita no segmento.

2000 – se torna líder de mercado e mantém a posição até hoje.

2001 – é lançada a série especial MTV.

2002 – primeira reestilização, chegada da versão Adventure e do motor 1.8 8V.

2004: segunda reestilização.

2006: série especial Try On Adventure.

Derivada do Palio, a picape Strada chegou ao mercado em 1998 / Divulgação
Derivada do Palio, a picape Strada chegou ao mercado em 1998 / Divulgação

2007: série original Adventure.

2008: terceira reestilização e a estreia do bloqueio eletrônico do diferencial Locker.

2009: melhoria no motor Fire 1.4, que passa a ter 86 cavalos. Estreia da primeira picape compacta com cabine dupla do Brasil.

2010: motor Etorq 1.8 16V substitui o 1.8 8V.

2011: câmbio automatizado Dualogic chega na versão Adventure cabine dupla.

2012: quarta reestilização. Cabine dupla disponível em todas as versões.

2013: reestilizacão da parte traseira (novas lanternas e caçamba mais alta) e inova outra vez com a terceira porta na cabine dupla.

2014: alcança 1 milhão de unidades vendidas no Brasil.

2015: série Adventure Extreme com central multimídia.

2016: novas versões são lançadas: Working Plus 1.4 (cabine simples), Hard Working 1.4 (cabines simples, estendida e dupla) e Adventure 1.8 16V Dualogic (cabine dupla). 

2018: Freedom 1.4 cabine dupla é a nova versão para linha 2019.

2019: ultrapassa 1,4 milhão de unidades comercializadas.

2020: apresentação da segunda geração é agendada, mas lançamento é adiado por causa da pandemia do Covid-19.

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.