Audi R8, o carro do ‘Homem de Ferro, chega no segundo semestre por R$ 1.234.990

O susperesportivo da Audi chega no segundo semestre / Divulgação
O susperesportivo da Audi chega no segundo semestre / Divulgação

O superesportivo R8, da Audi, desembarcará renovado no mercado nacional no segundo semestre de 2020 e será comercializado em pré-venda em uma ação de marketing inédita. Por um valor único de R$ 1.234.990, na modalidade venda direta, os primeiros clientes terão a oportunidade de configurar seu próprio veículo antes mesmo de ser produzido. Os que podem e querem pagar por tal extravagância poderão personalizar até dez diferentes itens de seu R8: cores da carroceria, side blade, acabamento externo, capa do retrovisor, cor do logotipo da Audi, design das rodas de 20 polegadas, pinças de freio, acabamento interno, revestimento do teto e padrão da cobertura dos assentos. De acordo com a Audi, são quase 1,6 milhão de combinações possíveis para o novo R8, o que possibilita um nível de personalização único. Sob o capô, um motor central-traseiro V10, do Lamborghini Huracán, que gera absurdos 610 cavalos de potência.

O Audi R8 apresenta aerofólio fixo / Divulgação
O Audi R8 apresenta aerofólio fixo / Divulgação

Os felizardos interessados terão acesso a um catálogo da linha 2021 do R8 na concessionária de preferência. Nele constam todos os itens e os detalhes de cada um para uma escolha precisa de acordo com o desejo do cliente. São oferecidas dez cores externas. Mas quem achar pouco essas opções e não considerar nada bonito o suficiente, há também as cores especiais Audi Exclusive, que podem ser encomendadas por valor adicional e acrescentam mais dezenove alternativas.

Tecnológico, o carro usa sistema de faróis a laser / Divulgação
Tecnológico, o carro usa sistema de faróis a laser / Divulgação

O design, sutilmente atualizado no final de 2019, reflete o caráter esportivo que se notabilizou nos cinemas em 2008 ao ser dirigido pelo sedutor multimilionário Tony Stark, vivido por Robert Downey Jr. no filme “Homem de Ferro”. Um capô extenso, uma traseira com linhas fluidas e um entre-eixos relativamente curto, de 2,65 metros. O comprimento total do R8 é de 4,42 metros, a altura, 1,24 metro, e a largura, 2,03 metros. As quatro argolas complementam a ponta do capô, que conta com sua grade Singleframe de estilo colmeia, ampla e plana. As características luzes de condução diurnas trazem elementos verticais que replicam as estruturas das entradas de ar e enfatizam a largura do carro. Uma característica que distingue o carro visualmente, além de oferecer maior segurança, é o sistema de faróis a laser.

Os side blades do R8 podem ser personalizados em cinco tipos de cores / Divulgação
Os side blades do R8 podem ser personalizados em cinco tipos de cores / Divulgação

Segundo a Audi, o equipamento de série no modelo, ativo no modo farol alto, ilumina duas vezes mais que faróis de leds comuns e evita ofuscar outros participantes no trânsito. Eles geram um feixe de laser azul. Um conversor transforma esse facho em luz branca, ajustada para o uso em estradas com uma temperatura de cor de 5.500 Kelvin – condições ideais para o olho humano que permitem ao motorista distinguir melhor os contrastes e ajudam a evitar a fadiga. Os fachos de alta concentração iluminam 600 metros, tornando a passagem por neblinas e cortinas de fumaça, por exemplo, mais segura.

O superesportivo da Audi usa pneus largos e de perfil baixo / Divulgação
O superesportivo da Audi usa pneus largos e de perfil baixo / Divulgação

Nas laterais do R8, foram mantidos os contornos sinuosos característicos. A linha de cintura do esportivo, esculpida como um músculo, conecta as caixas de rodas ao mesmo tempo em que divide os side blades em dois. Essa nova solução de design faz o carro parecer mais longo e dinâmico. Os side blades do R8 podem ser personalizados em cinco tipos de cores diferentes – carbono, preto mito, cinza kendo, prata e titânio fosco. O conjunto de saias laterais, spoiler dianteiro e molduras do difusor do escapamento também pode ser personalizado em até três diferentes tonalidades: carbono, preto brilhante e titânio fosco. Já a capa do retrovisor está disponível em quatro cores: carbono, preto brilhante, titânio fosco ou na cor do veículo. Na traseira, as lanternas e as entradas de ar se conectam. O vidro de trás oferece uma clara visão do compartimento do motor iluminado, para que todos possam admirá-lo como a verdadeira obra de arte que é.

O painel de instrumentos pode ser totalmente personalizado / Divulgação
O painel de instrumentos pode ser totalmente personalizado / Divulgação

O R8 traz ainda um aerofólio traseiro fixo feito de polímero de fibra de carbono reforçado. Para finalizar o exterior, o logotipo da Audi e as inscrições R8 e V10 podem vir em cromado ou em preto e existem ainda seis opções de rodas de 20 polegadas disponíveis com três pinças de freio, em vermelho, cinza e azul. Por dentro, alguns elementos como as soleiras, molduras e o console central estão disponíveis em cinza antracite, carbono fosco e carbono brilhante. Para o revestimento do teto em Alcântara é possível escolher entre o acabamento com costura em diamante ou liso. E os assentos esportivos oferecem 18 possibilidades se combinar os dois desenhos (diamante ou liso) e as cores de costuras.

O V-10 leva o R8 de zero a 100 km/h em apenas 3,2 segundos / Divulgação
O V-10 leva o R8 de zero a 100 km/h em apenas 3,2 segundos / Divulgação

Nenhum Audi está mais próximo de um carro de pista quanto o R8. O superesportivo da marca das quatro argolas tem motor de origem Lamborghini – 610 cavalos de potência e 57,1 kgfm de torque – suficiente para assegurar um desempenho de tirar o fôlego – a aceleração de zero a 100 km/h é feita em apenas 3,2 segundos, com velocidade máxima de 330 km/h. A transmissão é a STronic de 7 velocidades e conta com o conhecido sistema de tração “Quattro”, em sua versão mais atual. A distribuição de torque se adapta às condições de direção – em casos extremos, 100% do torque pode ser transmitido para o eixo dianteiro ou traseiro. O modo performance no sistema Drive Select permite a adaptação dos parâmetros mais importantes na dinâmica para diversas condições de clima e solo. A combinação de alumínio e fibra de carbono abrem novas dimensões em relação ao peso, à rigidez e ao comportamento. A parte inferior da carroceria integra um longo difusor para aumentar o “downforce”. Também o chassi, com sua suspensão “duplo A”, deixa claro o quão próximo o R8 está de um carro de competição.

Texto: Luiz Humberto Monteiro Pereira / AutoMotrix

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.