NOVAS BMW F 750/850 GS SERÃO MONTADAS EM MANAUS (AM)


Apresentadas na última edição do Salão de Motos de Milão (Eicma), as novas BMW F 750 GS e F 850 GS serão montadas em Manaus (AM) pelo sistema CKD e estarão disponíveis ao motociclista brasileiro no último trimestre do ano. Para a produção das novas trail – novas em todos os sentidos: motor, quadro, rodas, suspensões e desenho – a marca alemã investiu em novas tecnologias de manufatura, capacitação dos funcionários da linha de montagem e novos fornecedores locais foram homologados – 14 no total.


Mais “musculosas”, as novas F 750/850 GS estão equipadas com novo motor DOHC, de quatro válvulas por cilindros e refrigeração líquida. O propulsor da 750 gera 77 cv de potência máxima e 8,4 kgf.m de torque máximo. Já o da 850 produz 95 cv de potência e quase 10 quilos de torque.


As novas motocicletas GS da família F dividirão espaço na linha de montagem de Manaus com outros dez modelos: G 310 R, G 310 GS; F 800 GS, F 800 GS Adventure; R 1200 GS, R 1200 GS Adventure; S 1000 R, S 1000 RR; S 1000 XR e F 700 GS – este último modelos foi o primeiro a sair das linhas de montagem, em outubro de 2016.


“Para a produção de motocicletas em Manaus, a fábrica do BMW está focada na tecnologia e na qualidade para trazer novos produtos ao mercado brasileiro”, explica Alejandro Echeagaray, Presidente da fábrica do BMW Group em Manaus (AM). “Com esta nova ação, já investimos aproximadamente R$ 60 milhões nos últimos dois anos para trazer novas tecnologias ao mercado brasileiro”, complementa o executivo.

INDIAN ENCERRA AS OPERAÇÕES NO BRASIL

A Indian Motorcycles chegou oficialmente no Brasil no final de 2015. Apesar de centenária foi a estreante no Salão Duas Rodas daquele ano. Agora, infelizmente, a Polaris – detentora da marca norte-americana – anunciou a suspensão da importação e comercialização das motocicletas Indian para o mercado brasileiro. O processo de transição será de até 120 dias com as concessionárias da marca, que ficam localizadas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis e Goiânia. A Indian Motorcycle vendia no País sete modelos das linhas Midize, Cruiser, Bagger e Touring. 
Em comunicado, a empresa confirma o seu compromisso com os consumidores e dará continuidade aos serviços de pós-venda das motocicletas, incluindo a comercialização de peças de reposição, atendimento à garantia e manutenção em geral, por meio de concessionárias Polaris selecionadas e de novas oficinas credenciadas. A decisão não afeta a operação da marca em outros países onde a Indian Motorcycle está presente.
A falta de rentabilidade do negócio no Brasil, a instabilidade política e econômica e a redução da indústria de motocicletas nos últimos anos foram fatores preponderantes para a tomada de decisão. “Nosso compromisso é de total suporte à rede de concessionárias e aos clientes da Indian Motorcycle nessa transição”, comenta Paulo Brancaglion, Country Manager da Polaris Brasil. Agora a Polaris passa a concentrar todos seus esforços no negócio de veículos off-road: quadriciclos e UTVs.

Para mais esclarecimentos, a Polaris criou um canal direto com o cliente Indian:
(11) 3336-5482 ou pelo e-mail: contatobrasil@indianmotorcycle.com

ROAD 5 É O NOVO PNEU DA MICHELIN PARA MOTOS

 

A Michelin, marca francesa de pneus, tem muito o que comemorar. Na planta de Manaus (AM), a empresa já está produzindo o City Pro, destinado à motos street de baixa capacidade cúbica. Direcionado para motos de alta cilindrada, a companhia apresentou o Road 5, evolução do Pilot Road 4, que está disponível para motos esportivas, nakeds e maxitrails. Numa fase inicial, o Road 5 será vendido em 11 dimensões – aro 17 e 19 polegadas.

Segundo a fabricante, o novo pneu oferece maior aderência, principalmente em asfalto molhado e em sua meia vida, ou seja, após os 5 000 quilômetros rodados. “Isso em função da nova estrutura e o desenho do pneu. A medida que o pneu vai ficando gasto, elas vão se tornando sulcos e isso aumenta a aderência até quando ele passa dos 5 mil quilômetros”, explicou Flávio Santana, engenheiro de campo da Michelin. Segundo Santana, o desenho ainda aumenta a capacidade de drenagem da água. Produzido na Espanha, o Road 5 ainda traz tecnologia de duplo composto e reforços na região dos ombros que dá estabilidade e aderência em pilotagem mais esportivas.

 

Teste prático
À convite do fabricante, a equipe do MinutoMotor rodou com uma Yamaha MT-07 com o novo pneu Road 5 pelo interior de São Paulo. Estradas com longas retas, trechos sinuosos, asfalto em péssimas condições, cascalho e até pequenos deslocamentos em estradas de terra. Esse foi o cenário ideal para esta avaliação do novo pneu Michelin.
O Road 5 oferece nova carcaça, desenho mais agressivo, além de boa dose de tecnologia, com composto mais macio nas laterais e sulcos de drenagem maiores. Tudo para garantir mais estabilidade, aderência e agilidade, principalmente nas curvas, mesmo com pista molhada.

Resumindo: as motocicletas evoluíram muito na última década, estão mais potentes e esportivas. Ainda bem que os pneus também ganharam novas tecnologias. E o Michelin Road 5 é um bom exemplo de como domar modelos do segmento sport touring, alguns com mais de 100 cv de potência.