Confira oito motos que desembarcarão em breve no Brasil

Na última viagem a Milão (ITA), MinutoMotor viu de perto alguns modelos que desembarcarão em breve no Brasil. Aliás, a nova Triumph Rocket 3 deve ser a primeira, muito provavelmente em março. A cruiser inglesa já foi apresentada no Salão Duas Rodas, evento que aconteceu em São Paulo em novembro passado. Este “mostro” sobre duas rodas foi totalmente reformulado em comparação a versão anterior. Traz visual mais radical e motor de três cilindros de 2.500cc e 22 quilos de torque. É o maior propulsor que equipa uma moto de série no planeta.

Totalmente renovada, a Triumph Rocket 3, com seu motor de três cilindros e 2.500cc, chega em março

A lista de novidades para 2020 segue com a maxi-naked Ducati Streetfighter V4, seguida pela superesportiva CBR 1000RR R, da Honda. Teremos ainda a aventureira esportiva BMW F 900 XR e a trail KTM 390 Adventure, que será concorrente direta da CB 500X, moto Honda que ganhou roda aro 19 polegadas na dianteira. Pelo que tudo indica teremos ainda rodando pelo País duas bigtrail de peso e equipadas com motor “V2”: a Harley-Davidson Panamerica 1250 faz sua estreia na categoria, e a revigorada Suzuki V-Strom 1050, que lembra esteticamente a DR 800. E, obviamente, rezar para a Yamaha comercializar no Brasil a radical MT-125.

Recheada de eletrônica, a nova CBR 1000RR R, da Honda, provavelmente chegará no segundo semestre

Todos os oito modelos – de estilos e marcas diferentes – fizeram sua estreia mundial no Salão de Motos de Milão (EICMA), que aconteceu no início de novembro de 2019. Na 77ª edição do maior evento de motos do mundo foram reunidas 1800 marcas – entre montadoras, equipamentos, acessórios e motopeças – vindas de 43 países e que foram distribuídos em oito pavilhões. Desta forma, a “Capital Mundial da Moda” se transformou na “Capital Mundial da Moto”. Veja o vídeo, confira a lista e indique a sua preferida.

Com asas laterais, a Ducati Streetfighter traz o motor V4 da superespostiva Panigale

2 Comentários

    • Aldo Tizzani

      Valeu Marcelo!
      Trabalhar no EICMA não é uma das tarefas mais fáceis.
      Seguimos sonhando com os novos modelos.
      Obrigado por nos acompanhar!
      abs,
      Aldo Tizzani
      Editor-chefe

      Responder

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.