Ducati confirma Multistrada V4, com motor de 190 cv, para 2021

Dave Hayward recebeu as chaves da  moto de Claudio Domenicali, CEO da Ducati / Divulgação

Em 2003, a Ducati lançou a Multistrada DS, com motor de dois cilindros em “L” e exatos 992cc. Passados 16 anos, o versátil modelo tornou-se num dos mais importantes para a casa de Borgo Panigale (ITA). Mas do que reunir em um só produto estilo trail com características esportivas, a Multistrada conquistou o público e atingiu o marco histórico de 100.000 unidades fabricadas. Aliás, a unidade 100.000 – versão 1260 Pikes Peak – foi vendida para o alemão Dave Hayward. A moto foi entregue por Claudio Domenicali, CEO da Ducati, na própria linha de montagem da marca na Itália. A mesa da moto recebeu inscrição comemorativa gravada a laser: “Multistrada Centomila”, traduzindo: Multistrada Cem mil.

"Quatro em um", a Multistrada 950 é uma boa companheira de viagem / Divulgação

Aproveitando a oportunidade e o número histórico, a Ducati anunciou a chegada, para 2021, da Multistrada V4. O motor será o Desmosedici Stradale 1103cc, que atualmente equipa a Panigale V4 S, superesportiva que já é comercializada no País. Segundo informações da montadora, a potência será reduzida para 190 cv, porém a nova versão da Multistrada terá o máximo em tecnologia embarcada.

A Multistrada 1200 apresentava motor mais nervoso e de comportamento ríspido / Divulgação

Tive a oportunidade de participar de dois lançamentos mundiais envolvendo a Multistrada: 950 e a 1200, ambos nas Ilhas Canárias. Com o slogan “Quatro motos em uma”, a Ducati soube trabalhar este produto que entrega ergonomia, conforto, ciclística acertada, boa dose de eletrônica e um poderoso motor, de dois cilindros em “L”, que pode chegar até 150 cv, na versão 1200. Hoje temos no Brasil a 950 e a 1260, com 158 cv de potência máxima. Agora, o que nos resta, é esperar a Multistrada V4.

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.