Em tempos de crise, o consórcio é sempre uma excelente opção para comprar um veículo

A poupança programada é ideal para quem não tem pressa / Arte MA/MJ
A poupança programada é ideal para quem não tem pressa / Arte MA/MJ

No primeiro trimestre, vivendo as semanas iniciais da pandemia da Covid-19, a modalidade consórcio anotou crescimento. Segundo dados da associação do setor (ABAC), as vendas de novas cotas alcançaram 717,20 mil unidades, 9,7% mais que as 653,50 mil acumuladas no mesmo trimestre de 2019. O volume de contratos comercializados registrou aumento de 21,6%, saltando de R$ 27,60 bilhões do ano passado para R$ 33,56 bilhões neste ano.

A Ademirmotors oferece planos para carros, motos e embarcações / Divulgação
A Ademirmotors oferece planos para carros, motos e embarcações / Divulgação

Agora o mercado de automotivo ganhou mais um player na oferta de crédito: a Ademimotors Consórcio de Veículos. Pioneira em consórcio de imóveis, a marca atuará focada em consórcio para aquisição de veículos e oferecerá créditos a partir de R$ 50 mil. Ou seja, em tempos de crise – e de Covid-19 – o consórcio é uma excelente ferramenta para adquirir um veículo, seja ele carro ou moto, novo ou usado.

Tatiana Reichmann, diretora-presidente da Ademilar / Divulgação
Tatiana Reichmann, diretora-presidente da Ademilar / Divulgação

“Disponibilizaremos, por meio do consórcio, crédito para que o cliente se sinta livre para escolher o que quiser”, afirma Tatiana Schuchovsky Reichmann, diretora-presidente da Ademilar, dizendo que a empresa aposta também no conceito do consórcio como compra compartilhada, uma estratégia inteligente para a aquisição patrimonial.

O primeiro grupo da Ademimotors terá até mil participantes, prazo de 80 meses e créditos entre R$ 50 mil e R$ 150 mil. As parcelas iniciam em R$ 402,50. Além do sorteio, feito via extração da Loteria Federal, o grupo contará com três modalidades de lance: livre, fixo e limitado. As quatro possibilidades de contemplação existirão desde a primeira assembleia, que acontece em junho. O reajuste anual do crédito se baseará no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

2 Comentários

    • Aldo Tizzani

      Caro James,
      A empresa está antenada nas novas oportunidades de negócios e segmentos.
      Obrigado por acompanhar nosso trabalho.
      Abs,
      Aldo Tizzani
      MinutoMotor

      Responder

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.