EXCLUSIVO – EICMA 2018: NOVIDADES DAS OUTRAS MARCAS EUROPEIAS

Segue a gente nas mídias
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Enviar via Email

BMW

A BMW chegou chegando a Milão. A estrela do estande foi a superesportiva S 1000 RR, que foi 100% remodelada. Nova do farol a rabeta, passando pelas suspensões, pacote eletrônico e motor, que agora entrega 207 cv de potência máxima.

O novo propulsor da superesportiva alemã – um quatro cilindros em linha é quatro quilos mais leve se comparado a versão anterior. Redução de peso que se deve em parte a adoção de válvulas de titânio. Apesar de uma complexa evolução – motor e ciclística – o modelo 2019 perdeu um pouco de sua agressividade estética. Está parecida com suas concorrentes japonesas.


A marca alemã também apresentou a R 1250 GS Adventure e a F 850 GS Adventure, além dos modelos R 1250 R e R 1250 RS com nova motorização de 1250cc. Além do scooter C 400 GT, voltado para o turismo.

Husqvarna


A marca finalmente apresenta a Svartpilent 701. O modelo traz o melhor do estilo dirt track, como guidão mais alto, motor de um cilindro e 75 cv de potência máxima. Segundo Maurício Fernandes, responsável pela operação da marca no Brasil, a moto chega no primeiro semestre de 2019. O preço deve ser de R$ 69 mil.

KTM


O estande laranja da KTM no EICMA 2018 exibia, finalmente, a 790 Adventure, trail disponível em duas versões (básica e R). O que chama a atenção mesmo é o visual radical, além do ‘parrudo” motor LC8c, de 95 cv de potência. Outras atrações fiaram por conta da motard 690 SMC R e da 690 Enduro R. Além da linha Duke de baixa capacidade cúbica: 125, 200 e 390cc.

Triumph


Para nós brasileiros, a principal notícia vinda da Itália é que as novas Scrambler 1200 – com 90 cv de potência máxima – chegarão em meados de 2019 segundo Waldyr Ferreira, gerente geral da Triumph Brasil. A marca britânica apresentou duas edições especiais da Bonneville T120: a 120 Diamond e a 120 Ace, duas edições especiais de 800 e 1.300 unidades, respectivamente, para comemorar o aniversário de 60 anos a primeira Bonneville, que rodava pelas cercanias do Ace Café, em Londres.

Para comemorar a participação no Mundial de Motovelocidade como fornecedora exclusiva de motores para a categoria Moto2, a Triumph exibiu a moto que será utilizada na competição em 2019. A superesportiva usará propulsor de três cilindros e 765 cc. Já que o assunto é velocidade, o ex-piloto James Toseland, duas vezes campeão mundial de Superbike, é o novo embaixador da marca inglesa.

O jornalista Aldo Tizzani, do MinutoMotor, viajou à convite do ITA (Italian Trade Agency) e também do ICE (Agência para a internacionalização das empresas italianas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *