Harley lança coleção de motos icônicas. A primeira a ganhar a estrada será a Electra Glide Revival

No final de abril, a Harley-Davidson apresentou um novo segmento de motocicletas batizado de “Icons Collection”. Uma série que terá até dois modelos limitados anualmente em 1500 unidades, o que daria aproximadamente uma moto por revenda no mundo, criando então modelos dignos de coleção. As motos que irão compor a Icons Collection serão reedições de modelos clássicos da HD, porém com um toque de modernidades como, por exemplo, freios ABS e o ‘torcudo’ motor Milwaukee-Eight 114, de 1868 cm3 e 16,11 Kgf.m a 3000 rpm .

O primeiro modelo desta coleção será a Electra Glide Revival. A moto é totalmente baseada na Electra Glide de 1969, que foi a primeira Harley a trazer carenagem frontal, conhecida como “morcegão”. Naquele ano, as bolsas e o morcegão eram brancos, feitos de fibra de vidro, como são até hoje.

A clássica moderna de 2021 terá o esquema de cores da moto do final dos Anos 1960, ou seja, uma cor única em três tons: azul, branco e preto fosco. Seguindo ainda essa ‘pegada’ nostálgica, a Electra Glide Revival contará com rodas raiadas, pneus faixa branca, banco suspenso em mola, com acabamento preto e branco, além de protetores de bolsas laterais e paralamas dianteiros cromados.

A moto, apesar do visual retrô, está equipada com o que há de mais moderno da linha Harley-Davidson, contando com sistema de freios combinados – ABS em ambas rodas -, central multimídia com tela de 6,5 polegadas no centro do painel e toda a tecnologia dos controles de segurança, o Reflex Defensive Rider System que é um conjunto de controles otimizados para funcionamento tanto em retas como em curvas que engloba ABS otimizado, controle de tração, controle de torque e derrapagens e, para finalizar, controle de freio e aceleração em rampas.

Nos Estados Unidos, a Electra Glide Revival é praticamente US$ 500 mais cara que o modelo topo de linha, a Ultra Limited (está nos EUA custa $28.699, cerca de R$ 151.435, a Revival será comercializada por $ 29.199 (R$ 154.072), na conversão direta.

Análise – Nós, do MinutoMotor, gostamos muito do visual da moto e temos certeza que será um sucesso de vendas em todo o mundo, isso em função dos comentários positivos que lemos e ouvimos. Claro que gostaríamos de ver esta moto em estradas brasileiras, curtindo ao som de “Fortunate Son”, um hit da banda norte-americana Creedence Clearwater Revival, de 1969, e se sentido sortudos em rodar com um ícone das estradas. Questionamos a Harley-Davidson do Brasil sobre a vinda da Electra Glide Revival ao País. Segue a resposta da assessoria de imprensa da marca: ”Não temos detalhes de lançamento da Pan America e da Electra Glide Revival (Icons Collection) no Brasil para compartilhar neste momento. Manteremos vocês informados quando tivermos mais para compartilhar”.

Texto: Dan Morel / Edição: Aldo Tizzani
Fotos Divulgação