Inventor cria dispositivo verificador de qualidade de combustíveis

O verificador de qualidade de combustíveis agilizará a trabalho dos mecânicos / Divulgação
O verificador de qualidade de combustíveis agilizará a trabalho dos mecânicos / Divulgação

Hoje, há uma ampla discussão por parte do Governo sobre aprimorar a qualidade da gasolina automotiva brasileira. A questão envolve faixa de valores de massa específica da gasolina, relacionado aos parâmetros de destilação e a fixação de limites para a octanagem RON. Do outro lado da moeda, oficinas autorizadas, centros automotivos ou mesmo oficinas independentes não há uma técnica comum que identifique a qualidade dos combustíveis utilizados nos veículos em reparo. É comum o técnico reparador, ao realizar um diagnóstico, encontra muita dificuldade por não dominar as técnicas de avaliação de combustíveis – conforme determina a Agência Nacional de Petróleo (ANP). Um verificador de qualidade de combustíveis de utilização prática se mostra necessário no mercado atual.

A ideia do inventor Daniel de Oliveira e facilitar a vida dos reparadores / Divulgação
A ideia do inventor Daniel de Oliveira e facilitar a vida dos reparadores / Divulgação

A novidade criada por Daniel Soares de Oliveira – que participa da Associação Nacional dos Inventores (ANI) se trata de um dispositivo que verifica a qualidade dos combustíveis utilizados em veículos automotores que possuam motores movidos à álcool e/ou gasolina. Vem com o objetivo de oferecer mais praticidade e agilidade na detecção de problemas ou diagnósticos em caso de falha do veículo – principalmente se esses problemas forem causados por problemas no combustível, facilitando e baixando o custo da mão de obra das oficinas mecânicas ou reparadoras de veículos. Detalhe, o verificador de qualidade de combustíveis já foi registrado junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). O inventor busca por investidores para produzir em escala, bem como comercializar o invento por meio do licenciamento ou venda da patente.

O equipamento é fácil de manusear e tem baixo custo de manutenção / Reprodução
O equipamento é fácil de manusear e tem baixo custo de manutenção / Reprodução

Funcionamento
Este dispositivo possui uma utilização muito simples, sendo necessário o utilizador recolher certa quantidade de amostra de combustível do veículo, devendo inserir a amostra no reservatório, ligar a fonte de alimentação, acionar a bomba de circulação de combustível através de um botão de pulso, ajustar o contraste do display através do potenciômetro e então fazer a leitura do percentual de etanol no display do dispositivo. São usados apenas amostra de 200 ml do combustível para as análises.

O resultado do teste com combustível será apresentado da seguinte maneira: “Quantidade de Etanol” na primeira linha do display e 30%” na segunda linha do display, onde a descrição de “30%” corresponde ao percentual de etanol indicado pelo sensor. Baseado nas informações fornecidas pelo dispositivo, o reparador terá ciência da qualidade do combustível. Para combustível com adulteração, uma mensagem personalizada poderá ser exibida no painel, indicando, dessa forma, tal situação.

Agora Daniel de Oliveira busca investidores para sua invenção / Reprodução
Agora Daniel de Oliveira busca investidores para sua invenção / Reprodução

Benefícios do equipamento
• Baixo custo de manutenção. O aparelho oferece muito mais agilidade e praticidade no trabalho
• Oferece segurança ao profissional e também ao cliente, além da redução de custos e mão de obra
• Fácil utilização e aplicação, proporcionando um rápido diagnóstico
• Evita transtornos e inconvenientes
• Produto sustentável que não agride o meio ambiente
• Elevado potencial de comercialização e exequibilidade industrial

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.