Jetta Comfortline 250 TSI um sedã equilibrado

Jetta Comfortline 250 TSI um sedã equilibrado

Quando chegou no mercado no final de 2018, a primeira sensação foi a de que a Volkswagen realmente tomou mais cuidado ao desenvolver o interior do veículo. Com acabamento mais requintado que imita couro, material macio nas portas dianteiras e iluminação de Led configurável, o sedã Jetta ficou mais sofisticado mas cobra um preço: R$ 109.990.

Tudo isso também incluí equipamentos como ar-condicionado duas zonas, sistema de som com seis alto-falantes, câmera de ré, central multimídia de oito polegadas, sensor de estacionamento traseiro, rodas aro 17 polegadas, seis airbags e controle de estação e estabilidade e por mais R$ 4.990, você pode incluir o teto solar elétrico, mas no total o preço se aproxima da versão R-line.

Detalhe da frente do novo Jetta Confortiline

Todo o desenho interior do carro deixa evidente que o sedã da VW foi desenhado para o motorista, com instrumentos de fácil leitura e boa ergonomia para o dia a dia, principalmente a central multimídia em um ângulo para o condutor, mas que permite que o carona também possa olhar algumas informações. O espaço interno acomoda bem também os passageiros de até 1,82 m atrás, somente no caso de um quinto passageiro que fica um pouco desconfortável graças ao túnel central, que atrapalha um pouco. Já o porta-malas, poderia ser um pouco maior, já que os 510 litros, é 11 litros menor que o seu irmão menor, o Virtus, Mas, mesmo assim, é um bom espaço para transportar malas e outros objetos.

Acabamento interno do Jetta mistura materiais em couro e plástico

Já o motor, o 1.4 TSI anda tão forte como o Golf e é um caso de paixão para quem gosta tanto de estrada como utilizar o veículo no dia a dia. A aceleração até 100 km/h acontece em 8,6 segundos e tem máxima de 210 km/h. Equipado com um câmbio de seis marchas, é um sedã  equilibrado, que oferece força e ao mesmo tempo, economia de combustível, mas isso vai depender do modo de condução selecionado ou do pé do motorista. Mas o que realmente dá prazer ao dirigir é o modo esportivo, que passa a levar as rotações ao limite e retomada em tempos mínimos. Mas faltaram as borboletas! Alô Volkswagen! E tudo que anda, precisa parar e o freios, cumprem o seu papel.

Se me perguntassem se eu compraria um Jetta, eu diria que sim, mas antes de tudo é preciso avaliar quais as pretensões ao comprar um veículo, sua utilização e o valor a ser pago. Se tivesse mais R$ 10.000, com certeza eu iria na versão R-line.

Roda ganhou novo design

FICHA TÉCNICA VW JETTA COMFORTLINE 250 TSI

Motor: Dianteiro, transversal, 4 cil., 1.4, 16 válvulas, injeção direta de gasolina, turbo
Potência: 150 cv a 5.000 rpm
Torque: 25,5 kgfm entre 1.400 rpm e 3.500 rpm
Câmbio: Automático de seis marchas, tração dianteira
Direção: Elétrica
Suspensão: McPherson (diant.) e eixo de torção (tras.)
Freios: Discos ventilados (diante.) e discos sólidos (tras.)
Pneus e rodas: 205/55 R17 (diant. e tras.)
Comprimento: 4,70 m
Largura: 1,80 m
Altura: 1,47 m
Entre-eixos: 2,69 m
Tanque: 50 litros
Porta-malas: 510 litros
Peso: 1.289 kg
Central multimídia: 8” sensível ao toque
Garantia: 3 anos

1 Comentário

  1. Claudio

    Trata-se de um veículo completo , elegante , bonito , confortável , robusto , seguro , espaçoso , econômico sem perder desempenho , ágil , enfim..!! um carro perfeito para uma família e que mantém a pegada para quem gosta de pilotar.

    Responder

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.