Mustang Shelby GT500 2020 com motor V8 de 770 cv de potência

Shelby GT500 2020 é o carro de rua mais potente construído pela Ford / Divulgação

Parece surreal, mas é verdade! A Ford divulgou os dados de desempenho do novo Mustang Shelby GT500 2020. Seu motor de 5.2 litros, com 770 cv de potência máxima e 86,4 kgf.m de torque máximo. É o V8 supercharged com a maior densidade de potência e torque do mundo. Além disso, o Shelby 500 será o carro homologado para as ruas mais potente já produzido pela marca norte-americana.

V8 supercharged , 5.2 litros, com 770 cv de potência máxima / Divulgação

Como diferencial, a potência é transmitida às rodas traseiras por um eixo cardã de fibra de carbono, com diferencial de escorregamento limitado Torsen com relação de 3,73:1. Os semieixos e a suspensão também foram redesenhados para trabalhar com a quantidade enorme de energia do motor.

Histórico, o Ford Mustang Shelby traz linhas agressivas / Divulgação

“A força bruta de aceleração em arrancadas e as mudanças incrivelmente rápidas e suaves destacam como a alma do Shelby GT500 foi elevada no nosso Mustang mais avançado de todos os tempos”, diz Ed Krenz, engenheiro-chefe de programa da Ford Performance.

Força bruta e controle absurdo, esse é o Shelby GT500 / Divulgação

Transmissão e modos de direção
Esta versão do Mustang também conta com uma nova transmissão Tremec de dupla embreagem e sete velocidades, cinco modos de direção, os maiores freios dianteiros da categoria (com discos de 16,5 polegadas) e rodas opcionais de fibra de carbono.

V8 supercharged com a maior densidade de potência e torque do mundo / Divulgação

Tudo isso, somado às estratégias de controle desenvolvidas nas pistas, dá ao novo Shelby um tempo de 10,6 segundos na prova de 0-100-0 mph – que mede quanto o carro leva para acelerar de 0 a 100 mph (160 km/h) e voltar à imobilidade –, à frente de muitos superesportivos.

O superesportivo conta eixo-cardã feito em fibra de carbono / Divulgação

Os cinco modos de direção do Shelby GT500 2020 melhoram ainda mais a experiência do motorista. Um botão no console permite mudar instantaneamente sua personalidade, de um carro “normal” para um supercarro de pistas, com resposta mais agressiva do acelerador e do câmbio. O comportamento da suspensão, do controle de estabilidade e do freio ABS muda, assim como o som do motor e o painel de instrumentos, tudo para criar uma sensação de dirigir. “Cada modo muda totalmente o estilo de direção do Shelby GT500. É uma experiência visceral multissensorial completa”, diz Pat Morgan, gerente de Powertrain da Ford Performance.

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.