O caminhão mais rápido do mundo chega ao Brasil e crava 276 Km/h

Com o título de caminhão mais rápido do mundo, o Iron Knight chegou ao Brasil para participar da Fenatran – Salão Internacional de Transporte Rodoviário de Carga -, que acontece no São Paulo Expo (SP), entre 14 e 18 de outubro. O modelo foi construído para demonstrar toda a capacidade da Volvo em extrair o máximo de desempenho de seus produtos.

Na pista de testes, o Volvo Iron Knight chegou a 276 Km/l / Divulgação

O Iron Knight usa a base do modelo Volvo FH, com transmissão I-shift e os mesmos componentes internos dos motores da linha de caminhões da marca sueca. O propulsor gera 2.400 cv de potência máxima. Com essa usina de força, o Iron Knight percorreu de 0 a 1.000 metros em apenas 21,142 segundos. A velocidade média foi de 170,27 Km/h e a velocidade máxima chegou em 276 Km/h. Só para comparar, um Formula 1 hoje chega a 350 Km/h e o peso máximo do conjunto (carro e piloto) é de 740 kg.

O modelo conta com longarinas mais curtas e centro de gravidade mais baixo / Divulgação

Apesar das mudanças estruturais na cabine, o caminhão Volvo tem as longarinas mais curtas que a de um caminhão normal e o centro de gravidade é mais baixo. Mas a sensação é de ‘decolar’ do asfalto, apesar do cavalo ter 4,5 toneladas. Experiência inesquecível vivida pela equipe do MinutoMotor no campo de provas da Goodyear, em Americana (SP).

O propulsor desse caminhão gera 2.400 cv de potência máxima / Divulgação

Para frear toda esse ímpeto, o caminhão mais rápido do mundo está equipado com os pneus Goodyear – medidas 315/70R22.5 na dianteira e, no eixo de tração, 495/45R22.5. O conjunto foi desenvolvido a partir de carcaças que fazem parte do portfólio da empresa americana e baseada na experiência adquirida pela marca nas estradas.

O  Iron Knight é calçado com pneus Goodyear / Divulgação

Para Eduardo Schilling, gerente sênior de marketing da linha de caminhões e ônibus da Goodyear, as bandas de rodagem usadas no Iron Knight possuem desenhos e compostos desenvolvidos especialmente para suportar grandes velocidades e altas temperaturas. “Transferindo estes princípios para o dia a dia nós agregamos esta tecnologia de dissipação de temperatura para modelos convencionais usados no ambiente urbano. Ou seja, tecnologia das pistas transferidas para os pneus produzidos para o cliente final”, conclui Schilling.

Os pneus Goodyear que equipam o  Iron Knight contam com compostos especiais / Divulgação

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.