O chinês Haojue VR 150 é mais uma opção de scooter para quem quer mobilidade e economia

Entre julho e agosto houve uma explosão nas vendas de scooters, que cresceram 65,7%. De 4.664 unidades vendidas pularam para 7.727 emplacamentos deste tipo de veículo. Os motivos estão diretamente ligados à mobilidade urbana e as novas oportunidades de negócios como, por exemplo, as entregas deliverys em função da pandemia. Durante os oito primeiros meses do ano, os “top five” da categoria, juntos, já haviam emplacados 40.437 unidades, com o Honda PCX 150 liderando com folga – 15.761, contra 8.038 do Yamaha NMax 160. Apresentado no Salão Duas Rodas 2019, o Haojue VR 150 quer abocanhar uma fatia deste promissor mercado. De origem chinesa, o modelo custa R$ 11.900 (frete não incluso) e visualmente até lembra um pouco o Honda SH 150. Como diferencial, o modelo traz baú de série com encosto para o garupa.

Com 1.330 m de entre-eixos e 120 quilos (em ordem de marcha), o scooter VR 150 traz design moderno e lanterna traseira em LED. O painel de instrumentos exibe mostrador analógico, com um pequeno computador de bordo (tela LCD) na parte inferior. Como itens de comodidade e conforto, o modelo chinês comercializado no País traz um bauleto de fábrica com capacidade de até 3Kg. Sob o assento mais 8,3 litros de espaço interno, que dá até para guardar um capacete, jaqueta ou outros pequenos objetos. Conta ainda com assoalho plano e alça no anteparo do escudo que tem a função de transportar uma sacola de supermercado, por exemplo. Na dianteira usa roda 12 polegadas e na traseira 10, calçadas com pneus sem câmara; mesmas medidas usadas no concorrente Elite 125, da Honda

Em termos mecânicos, o modelo está equipado com motor de um cilindro, quatro tempos, 150 cm3 e injeção eletrônica, que gera 10,8 cv (a 7000 rpm) de potência máxima e torque máximo de 1,17 kgf.m (a 5000 rpm). O VR 150 traz dois sistemas de partida – elétrica e pedal – e conta com o tradicional câmbio CVT. Ou seja, é ligar e acelerar, sem a necessidade do piloto trocar marchas. Já o tanque de combustível tem capacidade para 6,44 litros. Segundo o distribuidor, a moto faz mais de 30 Km/l.

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.