Pilotos insanos desafiam a lei da gravidade no BMS

Na sua quinta edição, o BMS Motorcycle se consolida como um dos principais eventos motociclísticos do País. Não pelo público de 18 mil pessoas que compareceram a Usina 5, em Curitiba (PR), mas sim pelo clima de total confraternização e alto astral. É um evento de moto até para quem não curte moto, isso devido a sua extensa agenda de atrações. Era fácil identificar no antigo complexo industrial famílias em busca do bom entretenimento. E isso não faltou!

O BMS atraiu famílias inteiras para o evento motociclístico / Foto: Atomus Agência

As atrações radicais tiveram papel fundamental no resgate histórico e cultural do motociclismo, como o “Wall of Death” – o único Muro da Morte da América Latina –, no qual os pilotos realizam manobras em um ângulo de 90º, ficando sujeitos a pressões que vão de 4G a 7G. Só para comparar, essa força G é superior à sofrida pelos pilotos de aviões caça.

A equipe Cigano, do Globo da Morte, resgatou o motociclismo histórico / Foto: Atomus Agência

Houve ainda apresentações no Globo da Morte, com a tradicional equipe Cigano (acima). Ambos shows sobre duas rodas desafiam a lei da gravidade.

Concurso de customização atraiu profissional da América do Sul / Foto: Atomus Agência

Havia ainda um grande pavilhão dedicado a customização que trouxe profissionais de várias partes da América do Sul. Motos de todos os estilos e cores que atraíram muitos aficionados por estas joias sobre rodas. O evento contou com mais de 100 expositores com produtos e acessórios do segmento.

Nova superesportiva S1000RR foi exibida pela BMW em Curitiba / Foto: Atomus Agência

As principais marcas do segmento – Honda (Africa Twin), Harley-Davidson (concurso de customização The Battle of The Kings), Ducati (Multistrada 1260), Royal Enfield (moto oficial do evento), Triumph (Scrambler 1200) e BMW, também participaram do BMS. A marca alemã, por meio da concessionária Star News, fez a exibição da nova geração da superesportiva S 1000RR.

Shows musicais da melhor qualidade embalaram o público do BMS / Foto: Atomus Agência

“O BMS Motorcycle reuniu milhares de admiradores pelo mundo duas rodas, todos conectados pela paixão e respeito ao próximo. Contamos com a participação das principais marcas do segmento, tivemos campeonatos de Velocross e de Flat Track, atrações históricas do motociclismo, além de muita gastronomia e apresentações musicais, se tornando um evento com espaço para todos e o mais insano do Brasil”, comenta Cezinha Mocelin, diretor do BMS.

CBR 1000RR Fireblade, a superesportiva da Honda também estava exposta na Usina 5 / Foto: Atomus Agência

O jornalista viajou à convite da Honda

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.