ROX MOTO, UMA NOVA EXPERIÊNCIA PREMIUM EM DUAS RODAS

Compartilhar está na moda. Mas não adianta apenas compartilhar equipamentos, imóveis ou veículos. É preciso também agregar experiências e que esta nova percepção de mundo – menos posses e mais tempo para curtir o que realmente importa – seja usada para conhecer novos lugares, pilotar motos diferentes e dividir este conhecimento com os amigos. Com uma visão e inovadora nasce a ROX Moto, que opera em parceria com a Triumph Experience (TRX).

A nova empresa do grupo Triple Power – proprietária de seis concessionárias em São Paulo – três no interir, duas na capital e uma no litoral – das marcas Triumph, BMW e Ducati – estará focada em oferecer experiências, produtos e serviços diferenciados para motociclistas de perfil mais aventureiro. A princípio, a ROX oferecerá locação de motos – avulsas ou para períodos mais longos –, além de viagens nacionais e internacionais.

A empresa conta também com showroom para venda de seminovas, oficina multimarca e loja completa de acessórios. Tudo distribuído em uma área de 500 metros quadrados no distrito de Sousas, em Campinas (SP). Em breve, a ROX contará com uma unidade da lanchonete Lucky Wings, que terá a cara de um posto de gasolina dos anos 1950.

Plano de negócio diferenciado

Um dos principais diferenciais é a locação de motos bigtrail para períodos de um ou dois anos, pagando uma mensalidade a partir de R$ 840,00 para usar a moto, a priori, por um final de semana por mês. Com pacotes modulares, ou seja, bastante flexíveis, é possível compartilhar a moto com um grupo de amigos, por exemplo.

Mas quais as vantagens de alugar uma moto em um pacote anual? Segundo a ROX, o consumidor terá desconto de até 35% em relação à locação avulsa; cada fim de semana você pode experimentar uma moto diferente; top case grátis nas locações; seguro total contra roubos, furtos e colisões e terceiro. Para Lucas Ozi, um dos sócios da empresa, “o motociclista não terá a mínima preocupação com revisão, documentos. E ganha ainda um curso de pilotagem com o pessoal da TRX”. Outra novidade oferecida pela empresa é a opção de fechar um contrato de dois anos e usar um scooter 0km (Honda Elite 125) todos os dias.

Viagens internacionais

A ROX Moto já tem programado na agenda 14 viagens internacionais para 2019. Os roteiros serão pela Europa, América do Norte, América do Sul e África do Sul. Em função da parceria operacional com a TRX – que tem cinco anos de experiência, mais de 55 viagens realizadas e 11 mil clientes atendidos, a nova empresa já traz todo o know-how para essas operações no exterior, com guias certificados em pilotagem, primeiros socorros e mecânica; hotéis de categoria superior e carro de apoio.

“A ROX representa uma solução completa para atender às diversas necessidades dos motociclistas, unindo experiências e serviços inovadores, aqui e fora do Brasil”, afirma Ozi, dizendo que depois de toda esta degustação desperte no aventureiro o desejo de comprar uma moto.

SERVIÇO

www.roxmoto.com.br

(19) 99365-8180

CÂNCER DE MAMA: ENCARAR O PROBLEMA DE FRENTE

Uma ação em prol da saúde da mulher. Este foi o foco do I Ride MinutoMotor – Outubro Rosa, que aconteceu em 20 de outubro no Shopping SerrAzul – Km 72, da Rodovia dos Bandeirantes. Depois do motopasseio ligando São Paulo até Itupeva (SP), o seleto grupo formado por homens e mulheres puderam acompanhar um ciclo de três palestras que se desenvolveram de forma bastante descontraída, apesar da seriedade do tema.

Depois da estrada e de café da manhã oferecido pela Sacramento Store, o médico oncologista Daniel Morel falou da prevenção e do tratamento do câncer de mama. O que é, fatores de risco, fatores protetores, sinas e sintomas e tipos de tratamento foram temas abordados pelo médico. Dan, que também é motociclista, explicou que a ‘prevenção é ainda o melhor remédio’.

Para o médico, “a mulher deve fazer consultas periódicas ao ginecologista e realizar o exame clínico nas mamas, além da mamografia”, conclui Morel.

Na sequência, Ana Pimenta e Ana Sofia falaram da aventura que rodar de 28 mil quilômetros entre Brasil e Estados Unidos para participar dos 115 anos da Harley-Davidson. A dupla de motoaventureiras do projeto The Ride 115 levaram a bandeira da conscientização e prevenção da doença na viagem, já que Ana Sofia foi diagnosticada com câncer há 10 anos.

“Depois de um longo caminho, hoje estou curada. A viagem foi uma forma de celebrar também esta data, já que a vida já é uma grande conquista. Por isso temos que viver intensamente cada minuto”, conta Ana Sofia.

Para finalizar, Daniel Kovacsik falou sobre o livro:“Uma vida pelo fim do câncer – Método Kovacsik”, do qual é um dos autores, ao lado de Vinícius Piva. Daniel falou de forma entusiasmada que método foi criado pelo cientista autodidata de origem austro-húngara e radicado no Brasil, Estevam Kovacsik. A terapia de radiestesia usa três peças de metal – acelerador, isolante e o “U” – para atuar na prevenção e tratamento da doença.

Simpatizante do mundo das duas rodas, Daniel Kovacsik disse que o câncer é um agente que se instala no corpo do indivíduo na região do coração e do baço e “em razão da alta exposição a um veio de água contaminado com fezes”. Porém, segundo ele, é preciso disseminar o Método Kovacsik pelos quatro cantos o mundo. “Dessa forma teremos homens e mulheres mais saudáveis”, afirma.

Lylian Tsai disse que foi uma experiência unida participar do I Ride MinutoMotor – Outubro Rosa. “Tivemos palestras ecléticas e descontraídas. Essa luta contra o câncer é de todos nós!”, conclui a motociclista.

Então, mulherada, não se esqueça de fazer os exames anualmente, já que os dados do INCA (lnstituto Nacional do Câncer) são alarmantes. Este ano teremos quase 60 mil novos casos de câncer de mama no Brasil. Por isso a é palavra-chave é prevenção. Em todo o mundo a doença que atinge 1,4 milhões de mulheres e homens.

Apoio
LS2 e Sacramento

Parceiros de mídia
Moto Adventure
Moto.com.br
Motonline
Momento Moto

HOJE É SEXTA: VAMOS PRATICAR O MOTOTURISMO?

 

Ferramenta de trabalho, opção inteligente para a questão da mobilidade urbana, a moto é também um instrumento de prazer. Já que ela pode levar o homem a conhecer novos lugares, novas culturas… Pode ser considerada um agente de socialização. Não há nada melhor que depois de dezenas de quilômetros rodados parar em uma cidadezinha, fazer novas amizades – ou rever velhos amigos de estrada –, poder trocar experiências e contar ‘causos’. E isso é uma experiência única!
Pode ser ainda um ‘rolê’ no centro velho, conhecer uma cidade histórica, descer para o litoral e ver o mar. Muitas vezes a moto se transforma em um tanque de guerra que enfrenta obstáculos. Em outras oportunidades em um avião para devorar as curvas de um autódromo em alta velocidade. É ir até onde a imaginação deixar (ou a rodovia permitir). Praticar o mototurismo é um estado de espírito, um estilo de vida que rejuvenesce as pessoas .
Não tem nenhuma ligação com marca, modelo ou cilindrada. Claro que há afinidades, gosto pessoal. Mas no final não importa o tamanho do “brinquedo”. O que importa mesmo é se aventurar, programar roteiros incríveis, já que a moto não tem fronteiras. Espero que as 11 fotos de Johanes Duarte, do Photo & Road, inspirem muitas pessoas a redescobrirem o Brasil sobre duas rodas, um País continental de inúmeras belezas!
Revise a moto, faça as malas e boa viagem. Bons equipamentos são fundamentais para uma viagem mais confortável e segura. Ah! Não esqueça da capa de chuva. O smartphone também é indispensável para registrar os momentos de alegria e descontração. Agora é pé na estrada!!!

FOTOS: Johanes Duarte / Photo & Road – www.photoandroad.com

DUAS MULHERES, DUAS HARLEY E UM SONHO

Experientes motociclistas, Ana Pimenta e Ana Sofia são fanáticas pelo ronco do motor “V2” e, como a paixão é grande, elas irão fazer um ‘rolezinho básico’ de cerca de 28 mil km pilotando duas Harley-Davidson entre Porto Alegre (RS) e Milwaukee, nos Estados Unidos. A ideia é rodar por 115 dias, passar por 115 concessionárias da centenária marca norte-americana e chegar no primeiro dia da grande festa de aniversário dos 115 anos da Harley, em Milwaukee, Estado de Winsconsin (EUA). O roteiro épico das Anas foi batizado de “The Ride 115”.

A partida acontece agora em 19 de maio, na capital gaúcha, e a chegada em Milwaukee – berço do ícone norte-americano – está prevista para 29 de agosto. Na primeira parte da viagem, Ana Pimenta e Ana Sofia rasgarão o Brasil de Sul a Norte. Passarão por Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Maranhão, Pará e Amazonas.

Na segunda e maior etapa do roteiro, as duas cruzarão os estados norte-americanos da Florida, Geórgia, Carolina do Norte, Tennessee, Mississippi, Los Angeles, Texas, Arizona, Nevada, Califórnia, Utah, Idaho, Wyoming, Dakota do Sul, Minnesota, Illinois, Michigan e Winsconsin. Além do desafio de rodar 28 mil quilômetros, as meninas levarão a bandeira da prevenção do câncer de mama, doença que atinge hoje 1,4 milhões de homens e mulheres em todo o mundo. Para Ana Pimenta, além da paixão pela Harley, “esta viagem é uma jornada pela vida”!

Para suportar horas e horas no comando das motos – Street Glide e Ultra Limited , ambas da linha Touring da Harley -, a dupla intensificou trabalhos de condicionamento físico, apostaram no pilates, treinos programados na academia e caminhadas. A preparação mental também é importante e a prática da Ioga será fundamental. 

A ansiedade e a repercussão da viagem só aumentam, assim como o número de fãs que querem rodar um pouquinho com as Anas. Se você quer saber onde elas estarão é só entrar no site www.theride115.com e conferir o roteiro.  Além das mídias sociais:

Instagram: @theride115
Facebook: The Ride 115
Twitter: @theride115

A dupla tem o apoio da Harley-Davidson, GAB Transportes, DiRoma, RCI e AMCHAM.

Fotos: Johanes Duarte / PhotoandRoad