BMW, TOYOTA, MERCEDES, AUDI E VW SÃO OS “REIS DO RECALL” NO BRASIL

BMW, TOYOTA, MERCEDES, AUDI E VW SÃO OS “REIS DO RECALL” NO BRASIL

Hoje, os Apps fazem parte da nossa vida como as fichas telefônicas nos anos de 1970. Temos aplicativos para tudo: pedir comida, chamar taxi, pagar contas, editar e tratar imagens e até criar stickers personalizados para usar no WhatsApp. A indústria automotiva também trabalha com aplicativos e inteligência cognitiva. Nesta onda até os recalls podem ser consultados pelo consumidor por meio de simples toques na tela do smartphone. O levantamento do aplicativo Papa Recall mostra que 32% das fabricantes e 8% dos modelos que circulam no Brasil – entre carros compactos até picapes – foram afetados por campanhas nos três primeiros meses de 2019. Uma a cada três dias! Destaques negativos para BMW, Toyota, Mercedes-Benz, Audi e VW.
Os três primeiros meses registraram 34 campanhas, afetando 13 montadoras e 66 modelos diferentes de veículos. Ao todo, em 44% desses recalls afetaram os carros cadastrados no aplicativo. A montadora BMW é a líder de campanhas no trimestre, com oito recalls. A Toyota ocupa a segunda posição, com cinco chamamentos, seguida pela Mercedes-Benz com quatro. (Veja lista abaixo). Detalhe: praticamente um terço das fabricantes (32%) realizou alguma campanha de reparação nesse período, segundo o Papa Recall.

Alemãs e japonesa na mira
Contudo, entre os modelos são os motoristas de Audi que precisaram ficar mais atentos. O Audi A5 teve 12 recalls únicos nos três primeiros meses do ano; enquanto o Audi A4 realizou dez. Já o VW Saveiro ficou na terceira posição com sete. No total, 8% dos modelos que circulam no Brasil foram afetados.
Apesar de não ocupar as primeiras posições de recall no trimestre, a Volkswagen está realizando a recompra de alguns veículos. No total, 194 carros de diversos modelos e anos serão recomprados pela montadora por 100% do valor na Tabela FIPE.

Detetive Virtual
O aplicativo surgiu em fevereiro de 2019 e, desde então, já cadastrou mais de 600 campanhas dos últimos 14 anos, totalizando 2836 recalls únicos, 40 montadoras e 796 modelos diferentes. No total, 16% dos carros com recall no App são Corolla com necessidade de troca do airbag do motorista. Mais de 24 mil veículos já estão sendo monitorados pela solução.
O Papa Recall também trabalha com o conceito “Recall Único”, onde as campanhas são agrupadas por modelos e anos de fabricação afetados. Por exemplo: uma campanha que afeta os modelos A e B dos anos de fabricação 2017 e 2018. Para a montadora é somente um recall, mas o aplicativo considera quatro “recalls únicos”: A-2017, A-2018, B-2017 e B-2018. Assim, as 34 campanhas do primeiro trimestre tornam-se 177 recalls únicos.

“O número mostra não só a importância dos recalls, mas também a necessidade de divulgá-los de forma correta. Tivemos uma campanha a cada três dias no primeiro trimestre de 2019, mas ainda assim são poucos os motoristas que se informam sobre isso. A segurança no trânsito também passa pela necessidade de tirar veículos da rua que podem causar acidentes”, explica Vinicius Melo, CEO do Papa Recall.

Marca – Chamamentos*
BMW – 8 Recalls

X5 xDrive48i (2006 e 2007) – Sistemas de combustível, elétrico e freios
X5 xDrive30d, X5 xDrive30i, X5 xDrive48i, X6 xDrive35i e X6 xDrive50i (2006 a 2008) – Airbag do condutor
X1 sDrive20i (2018 e 2019) – Lanternas laterais traseiras
Série 5 530i e 550i (2005 e 2006) – Suspensão
X3 (2008) – Sistema de combustível
X5 4.8is (2005) – Transmissão
Série 7 750i (2006) – Suspensão
M3, M4 GTS e M4 Coupé (2016) – Eixo-cardã

TOYOTA – 5 Recalls
Corolla Fielder (2004 a 2008) – Airbag do Passageiro
Prius (2011 a 2013) – Falha no sistema híbrido
Corolla (2015 a 2017) – Airbag do Motorista
Etios e Etios Sedan (2015 a 2017) – Airbag do motorista
Hilux (2015) – Airbag do motorista

MERCEDES-BENZ – 3 Recalls
C 180 Coupé, AMG S 63 L 4Matic+ e AMG S 65 L (2018) – Cinto de segurança
AMG S 63 L 4Matic+ e AMG S 63 4Matic+ Coupé (2018) – Direção elétrica
C 180 Coupé (2018) – Controle de estabilidade

  • Fonte: Papa Recall

A PARTIR DE R$ 449.950, NOVO BMW X5 SERÁ FABRICADO NO BRASIL

A fábrica da BMW em Araquari (SC) iniciará em junho a produção do novo X5, SUV mais tecnológica da marca. Para iniciar a fabricação do modelo, o BMW Group Brasil investiu mais R$ 7 milhões em novas tecnologias, além dos R$125 milhões previamente aportados para flexibilização da linha de produção do BMW X4, e também do novo BMW Série 3, no início de 2019.
A quarta geração do novo BMW X5 está maior, mais esportivo e sofisticado, e com preço sugerido a partir de R$ 449.950.

“A qualidade, tecnologia e flexibilidade da fábrica para produção de veículos em Araquari foram recompensadas com a confiança global em adicionar um novo modelo ao nosso portfólio, o primeiro com propulsão diesel”, comemora Mathias Hofmann, Diretor Geral da fábrica do BMW Group em Araquari (SC). “Este é um importante passo na direção de equalizar nossas operações e a capacidade instalada de manufatura no país”, reforça o executivo.

Versões, características e preços
X5 xDrive30d (R$ 449.950)
A versão traz, entre os principais itens de série, controles de Estabilidade e Tração; airbags duplos frontais, laterais dianteiros, e de cortina dianteiros e traseiros; função start/stop, rodas de 21 polegadas e regeneração de energia de frenagem. Entre os itens de conforto e tecnologia estão cortinas para vidros laterais traseiros; bancos dianteiros aquecidos, ventilados e com ajustes elétricos; ar-condicionado automático digital, com controle de 4 zonas; sistema de entretenimento traseiro, com duas telas de 10,2 polegadas; sistema de som Surround Harman Kardon; BMW Display Key; sistema ConnectedDrive, com serviços de Concierge e chamada de emergência inteligente, entre outros; Preparação para Apple CarPlay; faróis Full-LED e faróis de neblina em LED; assistente de farol alto; Head-Up Display; teto solar panorâmico; BMW Gesture Control; Driving Assistant Professional e Parking Assistant Plus.

X5 xDrive30d M Sport (R$ 479.950)
A versão intermediária traz os itens de série da versão anterior, mais roda de 22 polegadas, com freios M Sport; volante M em couro; pacote M aerodinâmico e pacote M Sport.

X5 xDrive30d M Sport xOffroad (R$ 499.950)
Essa versão traz os itens das anteriores mais o sistema xOffroad, que oferece quatro modos de condução voltados para quatro tipos de terrenos diferentes: xSand (areia), xRocks (rocha), xGravel (cascalho) e xSnow (neve). O dispositivo traz diferentes ajustes do sistema xDrive, transmissão e da resposta do acelerador.

SALÃO DO AUTOMÓVEL: MARCAS EUROPEIAS

SALÃO DO AUTOMÓVEL: MARCAS EUROPEIAS

Após alguns anos de trevas, parece que o mercado automotivo brasileiro reencontrou a luz. Depois que o ainda otimista Salão do Automóvel de São Paulo de 2014 foi sucedido por três anos seguidos de profunda retração nas vendas, com direito a milhares de concessionárias fechadas e uma edição do evento paulistano quase depressiva em 2016, finalmente em 2018 as vendas voltaram a crescer de forma consistente. E as empresas do setor não disfarçam a euforia. Por isso, a trigésima edição do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo – que acontece de 8 a 18 de novembro no São Paulo Expo, na capital paulista – tem ares de celebração, apesar de algumas ausências de marcas que tradicionalmente participam do evento, como Peugeot, Citroën, Land Rover, Jaguar e Volvo, terem resolvido não participar. O público esperado é de mais de 700 mil pessoas que visitarão os mais de 120 estandes, entre fabricantes de veículos e de autopeças e empresas de serviços do setor. Confira as novidades dos carros de origem europeia.

TEXTO E FOTOS Luiz Humberto Monteiro Pereira / Agência AutoMotrix

Fiat Fastback

No estande da Fiat, estão expostas versões customizadas dos produtos da marca italiana, como o Argo Sting, o Cronos Sport e a picape Toro Rescue, incrementada com acessórios da Mopar. Mas a grande atração é o conceito Fastback. Trata-se de um utilitário esportivo com teto descendente na traseira, típico de cupês, construído sobre a base da picape Toro. O conceito tem a linha de cintura muito elevada e adianta como será o estilo dos modelos da Fiat nos próximos anos.

Volkswagen Tarok

O nome é uma mistura de Tarek, o futuro utilitário esportivo médio argentino da Volkswagen, com Amarok, a picape portenha da marca. Com estilo mais urbano, pouco voltado para o trabalho, a picape derivada da plataforma MQB é esperada para 2020 e o “alvo preferencial” é a Fiat Toro. Um de seus destaques é o uso de um painel traseiro rebatível, que aumenta a dimensão da caçamba ao “deitar” os bancos traseiros, criando um piso plano.

Audi RS4 Avant

O imponente sedã A8, repleto de moderníssimos sistemas automatizados de assistência ao motorista, e o novo utilitário esportivo Q8 tinham tudo para disputar o posto de principal atração da Audi no Salão de São Paulo. Mas a nova perua esportiva RS4 Avant está lá, com todo o seu carisma e um vistoso tom vermelho. Equipada com um motor 2,9 litros de 450 cavalos, câmbio Tipotronic de 8 velocidades e a indefectível tração integral Quattro da marca das argolas, é um dos lançamentos mais aguardados da linha de esportivos da Audi.

AMG One

A Mercedes-Benz ousou ao colocar sob os holofotes do Salão de São Paulo o chamado hiperesportivo AMG One, na prática, um carro de Fórmula-1 com licença para andar nas ruas. Nunca é demais lembrar que a AMG, a divisão esportiva da Mercedes, é a responsável pela equipe de Fórmula-1, novamente campeã do Mundial neste ano com o inglês Lewis Hamilton. O One combina motor a combustão 1.6 V6 turbo com elétricos, somando absurdos mil cavalos de potência. Apesar de ser um conceito, o modelo já teve uma futura produção em série pré-vendida de 275 unidades, com entregas previstas para o final do próximo ano na Europa.

Renault Zoe

A Renault escolheu o Salão do Automóvel de São Paulo para apresentar aos brasileiros sua maior novidade no mundo dos 100% elétricos. O compacto Zoe, tido como o elétrico mais vendido na Europa, começou a ser comercializado no país, na versão Intense, paralelamente à mostra paulistana, com preço de R$ 149.990. De acordo com a fabricante francesa, o Zoe tem autonomia de mais de 300 quilômetros e precisa de uma hora e 40 minutos para carregar 80% da capacidade total das baterias. Com torque de 22,9 kgfm, o modelo acelera de zero a 100 km/h em 8 segundos.

BMW X5

O novo BMW X5 é um dos SUVs de luxo mais aguardados do Salão do Automóvel de São Paulo. O utilitário esportivo de grandes proporções tem na versão xDrive 40i motor 3.0 turbo de seis cilindros em linha com 340 cavalos de potência e aceleração de zero a 100 km/h em 5,5 segundos. Na configuração xDrive 50i, o motor é um 4.4 V8 com 462 cavalos de potência, com a mesma aceleração feita em 5 segundos. Para ambas as versões, o SUV da BMW tem transmissão automática de 8 velocidades com conversão de torque e tração integral.

Porsche GT3 RS

Com 70 anos de estrada, a Porsche desembarca no Salão de São Paulo destacando a nova geração do 911 GT3 RS, um dos esportivos com melhor desempenho do mercado mundial na atualidade. Com motor 4.0 aspirado de seis cilindros, a potência da lenda alemã é de 520 cavalos e torque de 47 kgfm. O carro utiliza na sua construção materiais leves como ligas de aço e alumínio. Para o mercado brasileiro, a Porsche liberou apenas 19 unidades, com preço de R$ 1.242.000.