VÍDEO: Piloto de motovelocidade aos 10 anos? Sim! Conheça a história do ‘elétrico’ João Teixeira

Franzino e “elétrico”, João Teixeira, de apenas 10 anos, não é um menino comum. Além da escola e do videogame, Joãozinho tem um hobby que pode levá-lo à grandes conquistas. Ele é piloto de motovelocidade, categoria Honda Junior Cup, da qual é o atual campeão. Agora o moleque de Jundiaí (SP) busca o bicampeonato na temporada 2020 do SuperBike Brasil, campeonato que começa este final de semana, em Interlagos (SP). Fã de Marc Márquez (Honda) e Andrea Dovizioso (Ducati), o piloto mirim fala da importância e incentivo dos pais em sua vida e do sonho de competir na MotoGP, categoria rainha do Mundial de Motovelocidade.

João Teixeira lidera treinos da Honda Junior Cup, em Interlagos (SP) / SuperBike Brasil
João Teixeira lidera treinos da Honda Junior Cup, em Interlagos (SP) / SuperBike Brasil

Além do papo com Joãozinho, a equipe do MinutoMotor conversou com Felipe Teixeira e Camila Moreira, pais do piloto. Eles contam, emocionados, como é a rotina do filho, sua evolução pessoal e também sobre o futuro. De quebra, falamos com Doca Schievano, diretor da Mila Moto, concessionária Honda de Jundiaí (SP). Doca fala da importância de apoiar o jovem João Teixeira e também as novas gerações de pilotos. Aliás, uma tradição na história da Mila Moto, revenda Honda que completa 40 anos.

João Teixeira começa 2020 vencendo na Honda Junior Cup / Foto: Edu Muniz
João Teixeira começa 2020 vencendo na Honda Junior Cup / Foto: Edu Muniz

Vitória na estreia – Depois de dominar todo o final de semana, não teve para ninguém. João Teixeira conseguiu a primeira vitória da temporada da Honda Junior Cup com uma performance irretocável no autódromo de Interlagos neste domingo. O piloto saiu da pole e abriu desde o início da corrida, conquistando o triunfo com uma margem de 20s085 no final da prova. Guilherme Foguetinho bem que tentou, mas não conseguiu o mesmo ritmo de Teixeira. Ainda assim, o piloto da moto 27 ficou bem à frente da disputa pelo terceiro posto. A briga pelo top 3 foi ferrenha entre Gustavo Santos e Cauã Buzzo. Infelizmente Buzzo teve problemas técnicos na moto a três voltas do fim e acabou caindo na classificação, terminando em quinto.

2 Comentários

  1. Carlos ( Kabello)

    Que matéria sensassional , imagens e depoimentos cheios de paixão ao esporte!!! Parabéns pela matéria e parabéns aos apoiadores e patrocinadores, que continuem assim para que em um futuro bem próximo possamos ter pilotos levantando nossa bandeira no mundo a fora!!! Show ✊🏁🏆🇧🇷

    Responder
    • Aldo Tizzani

      Caro Carlos Kabello,

      O motociclismo é apaixonante na sua essência.
      Só teremos campeões se investirmos na base, na categoria escola.
      Sei que o senhor vem fazendo um trabalho sensacional com sua MiniGP, que também já foi alvo de matéria no MinutoMotor.
      Continue firme e forte nos seus objetivos.
      Forte abraço,

      Aldo Tizzani
      Editor chefe

      Responder

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.