VÍDEO-TESTE: Yamaha MT-03 ABS 2021, design pra lá de radical e ciclística acertada

Não é de hoje que pequena MT-03 está deixando a concorrência comendo poeira. Líder no segmento naked com 4.329 unidades emplacadas entre janeiro e setembro, o modelo Yamaha supera, com folga, a Honda CB 500F, com 1.827 unidades licenciadas, e também a Kawazaki Z400, com 878 unidades vendidas. Para continuar no topo, a moto foi atualizada no desenho e na ciclística – dianteira ganhou garfo invertido e painel digital. Como diferencial, ganhou ainda quatro anos de garantia. Mas isso você já sabe!

Agilidade na cidade é um dos pontos fortes desta pequena naked premium / Divulgação
Agilidade na cidade é um dos pontos forte desta pequena naked premium / Divulgação

O consumidor também sabe que a moto é oferecida em três opções de cores: cinza fosco (Ice Fluo) e com as chamativas rodas vermelhas; azul metálico (Racing Blue) e preto metálico (Midinight Black). Com preço público sugerido a partir de R$ 25.490,00 (+ frete). Mas o que as mudanças na linha 2021 refletiram no comportamento da nova MT-03?

O novo painel da MT-03 é 100% digital e conta até com Shift Ligth / Divulgação
O novo painel da MT-03 é 100% digital e conta até com Shift Ligth / Divulgação

Já sobre a moto, o piloto confere a primeira mudança: painel digital multifuncional, vindo da R3, com Shift Light, luz de advertência que indica que a rotação certa para as trocas de marcha. Outra melhoria está no tanque de combustível, que preservou seus 14 litros, porém está 31,4mm mais largo e sua altura foi reduzida em 20mm.Ou seja, há uma maior integração entre homem e máquina e, consequentemente, melhor postura e conforto. O motociclista ‘veste’ mais a moto.

A ciclística foi toda acertada para um pilotagem mais dinâmica / Divulgação
A ciclística foi toda acertada para um pilotagem mais dinâmica / Divulgação

Não faltou emoção no circuito misto de cerca de 200 quilômetros desenhado pela Yamaha para o test-ride: trechos com trânsito carregado em perímetro urbano; longas retas, curvas travadas, trechos em subidas e descidas nos trechos rodoviários. Enfim, um bom percurso para conferir toda a evolução da nova MT-03.

O motor oferece melhor desempenho em médias e altas rotações / Divulgação
O motor oferece melhor desempenho em médias e altas rotações / Divulgação

Motor de 42 cv – O propulsor de características esportivas é capaz de gerar 42,01cv a 10.750 rpm de potência máxima e 3,02 Kgf.m a 9.000 rpm de torque máximo. É o mesmo motor de dois cilindros, 321cc, que equipa e mini esportiva R3. Oferece bom torque em médios regimes de rotação e mais empolgação em giros mais altos, a partir 6.000 rpm. Nas ultrapassagens é recomendável reduzir uma ou até duas marchas, para que o propulsor trabalhe sempre ‘cheio’.

A MT-03 conta suspensão invertida e conjunto óptico similar ao da MT-09 /Divulgação
A MT-03 conta suspensão invertida e conjunto óptico similar ao da MT-09 /Divulgação

Ciclística acertada – As alterações no conjunto de suspensões deixaram a MT-03 ainda mais ágil e equilibrada, isso em qualquer condição uso, principalmente em uma tocada mais esportiva. Dá até para contornar curvas pendulando, como numa autêntica esportiva. Com a evolução, a MT-03 copia melhor as irregularidades do piso. De quebra, a pequena naked da Yamaha conta com um eficiente sistema de freios, dotado de ABS em ambas rodas. Ou seja, transmite eficiência e segurança, mesmo em situações de emergência.

Personalidade forte e bom nível de pilotagem / Divulgação
Personalidade forte e bom nível de pilotagem / Divulgação

Este bom desempenho da MT-03 2021 também se deve há outros três fatores: entre-eixos curto (1.390 mm), peso (169 Kg) e aos pneus de perfil esportivo da linha Metzeler Sportec Interact – que ‘cola’ a moto no piso -, calçados em rodas de liga leve de 17 polegadas.

A moto contorna curvas com muita naturalidade / Divulgação
A moto contorna curvas com muita naturalidade / Divulgação

Neste test-ride, o jornalista Aldo Tizzani usou os seguintes equipamentos de segurança: Capacete Norisk Darth, jaqueta e luvas Dainese, calça e botas HLX.

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não Será Publicado.