Artesp anuncia redução de 50% no índice de mortes nas rodovias paulistas sob sua concessão

Rodovia Raposo Tavares (SP-270) / Foto Olício Pelosi

A Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo) anuncia balanço que indica redução de 50,8% no índice de mortes em acidentes nas rodovias concedidas, como resultado do Programa de Redução de Acidentes (PRA), implantado desde o início do modelo de concessão das rodovias paulistas, em 2000. A agência e as 20 concessionárias que administram as rodovias paulistas sob sua concessão participam, neste domingo (21), da campanha em respeito ao “Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito”. A campanha do Dia Mundial foi adotada em 2005 pela Assembleia Geral das Nações Unidas. A ação é celebrada internacionalmente no terceiro domingo de novembro e foi trazida para o Brasil pelo SOS Trânsito e pela ONG Trânsito Amigo, entidade que representa as vítimas.

A redução de 50,8% no índice de mortes não é o único fruto positivo do PRA da Artesp. Desde o ano 2000, início do projeto de concessão das rodovias paulistas, apesar do aumento constante do fluxo de veículos nas estradas, o modelo já conseguiu redução de 42,2% no índice dos acidentes nas rodovias paulistas concedidas. O índice de feridos em acidentes também caiu 41,8 % neste período, confirmando a eficiência do modelo de concessão de rodovias também quanto à segurança viária. Os bons resultados são atestados pelos números representativos, ainda mais considerando-se as dificuldades de comunicação de campanhas educativas.

“A redução das vítimas no sistema viário tem sido um desafio; entretanto, estamos atuando em várias frentes, com adoção de tecnologias de ponta, técnicas de engenharia, fiscalização, atividades operacionais, além de campanhas educativas para reverter ainda mais esse quadro a cada dia, sempre com a intenção prioritária de que os usuários possam fazer viagens mais tranquilas e seguras”, ressalta Cibele Alves, Gerente de Sinalização e Segurança da Artesp.

Vale ressaltar que a data é uma oportunidade de reforçar mensagens de conscientização da população sobre a importância da prevenção e da redução do número de acidentes nas rodovias concedidas, além de promover a preservação da vida no trânsito, por meio de iniciativas de valorização da segurança viária, do bem-estar e da integridade dos usuários das rodovias. Programa de Redução de Acidentes (PRA). A Artesp e suas concessionárias mantêm programas e ações educativas constantes de conscientização e de educação no trânsito, a fim de enfatizar junto a seus colaboradores, condutores e usuários das rodovias concedidas que o trânsito mais seguro depende do respeito às leis de trânsito, ao limite de velocidade estabelecido ao longo da malha viária e à sinalização vigente.

Programa de Redução de Acidente e Segurança no Trânsito – Desenvolvido pela Agência, o Programa de Redução de Acidentes (PRA) é uma ferramenta de gestão de segurança viária para reduzir os números de acidentes e vítimas fatais nas vias. O PRA acompanha os dados levantados pelas concessionárias de acidentes das rodovias concedidas, elabora análises e diagnósticos e propõe soluções para a mitigação dos problemas observados. Aliado aos investimentos de segurança obrigatórios, previstos em contrato com as concessionárias (como a instalação de passarelas de pedestres e acostamentos), o Programa aponta as necessidades específicas em cada rodovia e auxilia no direcionamento de novas intervenções.

Já o ano de 2021 deu início a uma nova Década de Ação pela Segurança no Trânsito, cuja meta é reduzir à metade o número de mortos nas ruas e estradas até 2030. Neste cenário, a data mundialmente conhecida em memória das vítimas de trânsito também deve ser um marco da preservação da vida em cada país. De acordo com a ONG Trânsito Amigo, atualmente são 1,3 milhões de mortos por ano e 50 milhões de feridos em todo o mundo em decorrência da violência no trânsito. Por dia, são mais de 140 mil vítimas, entre mortos e feridos.