Italiana MV Agusta “apimenta” sua família RC, que está equipada com motores de três cilindros

O DNA esportivo vindo das pistas está presente na nova família RC – Reparto Corse – da MV Agusta. A esportiva F3, a naked Dragster e aventureira esportiva Turismo Veloce foram projetadas para oferecer alta performance, aliado a detalhes únicos. Ou seja, a Casa de Varese, apresenta modelos verdadeiramente exclusivos e que enfatiza sua vocação de corrida. Todos os três modelos terão série limitada: 200 unidades para o F3 RC, 300 para o Dragster e o Turismo Veloce, com seu número de produção na placa fixado na mesa do guidão e entregues com um certificado de autenticidade. O kit de corrida, para o F3 RC e o Dragster RC, é composto por uma coleção de peças de primeiríssima linha. Tudo o que é necessário para transformar uma motocicleta simples em uma máquina pronta para encarar a pista. Os modelos estão equipados com motor de três cilindros de 800cc mais de 100 cv de potência máxima. A velocidade máxima ultrapassa 240 km/h.

F3 RC – É o modelo mais esportivo da linha, com motor de 147 cv de potência máxima. Nesta moto tudo foi pensado para oferecer o máximo de desempenho. Por exemplo, os garfos dianteiros contam com revestimento em nitreto de titânio (TiN) que tem a função de reduzir o atrito; rodas 10% mais leves, resultando em uma redução do momento de inércia de 7%. Seja no autódromo ou numa estrada de preferência bastante sinuosa, as sensações de pilotagem permanecem as mesmas. O kit de corrida inclui um escape de titânio Akrapovič, que combina bem com a unidade de controle com mapeamentos de corrida especiais e escudo térmico de proteção em fibra de carbono. Os manetes de embreagem e freio são de liga de alumínio usinadas em CNC.

Dragster RC SCS – Os novos elementos gráficos e a paleta de cores remetem às motos que competem na Moto2 e na Supersport. O motor gera 140 cv de potência máxima e a moto ganhou materiais premium em suas peças e acessórios, que atendem tanto à estética quanto à performance: por exemplo, os garfos dianteiros também têm revestimento de nitreto de titânio, as rodas forjadas reduzem a massa não suspensa e melhoram a manobrabilidade. Peças em fibra de carbono também valoriza o design desta naked italiana. Seu kit de corrida inclui escapamento de titânio SC Project e uma unidade central – IMU – cérebro eletrônico – com mapeamento otimizado, e tampa da embreagem transparente. Da família RC é a moto que alcança a maior velocidade final: 244 Km/h.

Turismo Veloce RC SCS – A mais versátil MV Agusta, em sua versão RC, ostenta uma série de detalhes que a tornam ainda mais exclusiva. Muitas atualizações foram introduzidas nesta versão mais apimentada desta aventureira esportiva: escapamento recém-projetado, novo ajuste de suspensão, parabrisa mais alto ampliado e até um sensor de mudança eletrônico atualizado para maior precisão e segurança na pilotagem. A unidade inercial também é nova. O Turismo Veloce RC oferecerá ainda o Smart Clutch System, desenvolvido pela MV Agusta em conjunto com a Rekluse, que permitirá largadas mais rápidas sem a necessidade do acionamento da embreagem. O motor de três cilindros oferece 110 cv de potência e velocidade máxima chega a 230 Km/h.

Kit de competição da F3 RC – Fotos Divulgação