Shineray investe R$ 1 milhão em 2021 para abrir lojas de fábrica em quatro estados

Na busca por uma maior capilaridade e aumentar seu volume de vendas, a Shineray do Brasil apresenta um ousado plano de investimentos que promete ampliar o market share da marca no segmento de duas rodas e estreitar o relacionamento com o consumidor das classes A/B. Com mais de 200 pontos de vendas, entre revendas e multimarcas distribuídas pelo país, a montadora está focada na abertura inédita de lojas de fábrica. José Edson Medeiros, sócio-diretor da Shineray do Brasil, afirma que o novo modelo de negócio contará com investimento de R$ 1 milhão em 2021, aporte destinado à abertura, inicialmente, em quatro estados – São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Pernambuco, onde o empreendimento piloto foi inaugurado.

Para crescer a passos largos, a Shineray contará com o apoio do Santander, que será o banco parceiro dos novos revendedores Shineray. Os planos de parcelamento de motos elétricas (acima) e de baixa cilindrada incluem prazo de até 60 meses e taxas de juros a partir de 0,99% ao mês. Detalhe: No acumulado do ano, de janeiro a junho, a marca sino-brasileira comercializou exatas 5.315 unidades. Mais conhecida nas regiões Nordeste e Norte, hoje é a quarta força do setor de duas rodas. Perde para Honda, Yamaha e BMW. Porém fica à frente de Kawasaki e HaoJue.