VÍDEO: Nova Honda NC 750X DCT: moto ou scooter?

A nova geração da Honda NC 750X está disponível em duas versões: a NC 750 X (R$ 49.700), com troca de marchas convencional e a NC 750 X DCT (R$ 55.700), equipada com o sistema de dupla embreagem, que faz as trocas de marchas de forma automatizada. Além disso, chega com várias novidades, entre elas nova motorização e mais potência, além de um novo pacote tecnológico. A crossover oferece agora 58,6 cv a 6.750 rpm. O aumento de 4 cavalos é fruto de nova entrada (e caixa do filtro) de ar, dutos de exaustão e mudanças em componentes do motor – entre eles o comando de válvulas, pistões, balanceiros. O motor perdeu 1,2 kg de peso e ganhou novo mapa de injeção e sistema de exaustão, que está adequado às normas Euro 5 e Promot 5.

Na versão DCT, a grande diferença fica por conta da ausência do pedal de câmbio e do manete de embreagem. No punho esquerdo, ficam os comandos de aumento e redução de marchas – feito com o dedo indicador e o polegar, isso se o motociclista quiser mais emoção no comando da NC DCT. Além da troca de marchas automática, o sistema DCT não permite que a moto “morra” nas saídas, o que é sinônimo de conforto, principalmente nos congestionamentos das grandes cidades. Daí a sensação de estar pilotando um scooter.

A atualização da NC 750X 2022 também inclui a adoção de acelerador eletrônico, que permite um novo pacote de assistentes eletrônicos: quatro modos de pilotagem (Rain, Standard, Sport e User, totalmente personalizável) modificam a entrega de potência, o nível de atuação do controle tração e do freio-motor – na versão DCT modifica o padrão de trocas de marcha. Tudo informado por um novo painel LCD maior, que facilita a leitura dos dados. Além disso, as mudanças de modos de pilotagem são feitas de forma bastante intuitiva por botos posicionados no punho esquerdo. Essas trocas de “comportamento” podem ser feitas com a moto em movimento, porém o piloto não pode estar acelerando a moto. Ou seja, acelerador “fechado”.

Neste test-ride, o editor do MinutoMotor, o jornalista Aldo Tizzani, usou o capacete Bieffe 3 Sport, versão React / Fotos Divulgação

Pacote de acessórios – A Honda lançou dois pacotes de acessórios disponíveis nas concessionárias: Urban Pack e o Travel Pack. O primeiro, voltado para o uso urbano, é composto por protetor tubular de carenagem, suporte traseiro, top box de 38 litros, cavalete central e porta USB no compartimento de carga. O Travel Pack, para a Honda NC 750X DCT, estará na rede Dream e é composto por vários itens, confira os valores abaixo:
• Protetor tubular de carenagem – R$ 2.423,00
• Faróis de neblina – R$ 3.408,00
• Suporte traseiro – R$ 2.689,00
• Top Box de 38 litros – R$ 2.274,00
• Malas laterais de 26 litros (D) e 33 litros (E) – R$ 7.586,00
• Para-brisa elevado (+70mm) – R$ 998,00
• Cavalete central – R$ 691,00
• Porta USB no compartimento de carga – R$ 389,00

* Colaborou Cicero Lima

FICHA TÉCNICA
HONDA NC 750X
/ DCT
Motor: 2 cilindros paralelos, 745 cc, refrigeração líquida
Potência: 58,6 cv a 6.750 rpm
Torque: 7,03 kgf.m a 4.750 rpm
Câmbio: 6 marchas
Chassi: tipo Diamond
Suspensão: dianteira garfo telescópico 120 mm, traseira pró-link 120 mm
Pneus: dianteiro 120/70-17, traseiro: 160/60-17
Freios: dianteiro 320 mm, traseiro 240 mm (ABS de 2 canais)
Dimensões: altura do solo 145 mm, entre-eixos 1.525 mm 1.535 mm (DCT)
Peso: 197 (a seco) –207 kg (DCT)
Tanque combustível: 14,1 litros
Preço: R$ 49.700 / R$ 55.700 (base Brasília, sem frete e seguro)