Agora com seguro, a Ituran amplia portfólio e aposta no segmento moto

Boa notícia para os motociclistas da capital paulista e região metropolitana. Agora os donos de moto passam a contar com uma mais solução de segurança. A Ituran Brasil anuncia a chegada do Ituran com Seguro Motos, que reúne o tradicional rastreador Ituran e apólice de seguro da Tokio Marine, a quarta maior seguradora do País. O produto contempla motos de uso particular/passeio com até seis anos (até 400cc) e até dez anos (acima de 400cc) com indenização de até 100% da tabela Fipe no caso de perda total por roubo, furto e incêndio. Os benefícios ainda incluem monitoramento mobile, cerca eletrônica e carro reserva por 15 dias em caso de perda total decorrente roubo/furto/incêndio. Além de assistência 24 horas com limite de três acionamentos para guincho (200km), carga de bateria, pane seca e transporte alternativo. Planos a partir de R$ 79,90/mês, com instalação do rastreador grátis. O valor pode variar de acordo com o perfil do consumidor.

“Sabemos da paixão que os motociclistas têm pelas suas motos. Com o rastreador Ituran, de tecnologia israelense, os pilotos poderão ter a sua moto de volta e, caso o bem não seja recuperada, a Tokio Marine irá pagar até 100% do valor da tabele FIPE. Além disso, por meio do aplicativo Ituran Digital BR, o cliente pode ter o monitoramento em tempo real pelo celular e definir um perímetro de circulação para receber alertas por descumprimento da regra”, destaca o diretor comercial da Ituran Brasil, Roberto Posternak (foto abaixo). Um outro diferencial é que o consumidor pode contratar serviços adicionais (acréscimo a partir de R$ 16,90 na mensalidade), que cobrem reparos de lataria, faróis, lanternas e retrovisores e/ou proteção de pneus, rodas e suspensão para imprevistos que podem acontecer no dia a dia, ressalta o executivo.

Para o diretor da empresa, o mercado de seguros e monitoramento para motocicletas apresenta um grande potencial de expansão. O número de habilitações para este tipo de veículo no Brasil avança ano a ano, segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Nos últimos cinco anos, a expansão foi de 17,5%, totalizando quase 34 milhões de cidadãos com habilitação categoria “A”. “A ideia é ampliar o Seguro Motos para outras praças de acordo com o crescimento e aceitação do produto pelo público”, concluí Posternak.