Hoje é dia do “besouro” sobre rodas: Viva o WV Fusca!

Sticky:

Durante os anos 1970, a produção do Volkswagen Fusca bateu a marca de 1,5 milhão de veículos fabricados no Brasil. Ao todo, foram montados cerca de 3,3 milhões do “besouro”. No mundo todo, a produção foi de mais de 21,5 milhões de unidades. O ‘sedã’ da VW conta com datas comemorativas em várias partes do mundo. Por aqui, o Dia Nacional do Fusca é celebrado hoje, em 20 de janeiro, que marca o início da produção do modelo no país, em 1959, na fábrica WV Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). Em 1986, a fabricação foi descontinuada, retornando em 1993, sendo definitivamente suspensa três anos depois, em 1996. Há ainda o Dia Mundial do Fusca, festejado em 22 de junho.

20 CURIOSIDADES SOBRE OS 60 ANOS DO VOLKSWAGEN FUSCA

Passados quase 25 anos do encerramento da produção do Fusca no Brasil, o modelo da Volkswagen segue reinando absoluto entre os saudosistas e entusiastas do país. Prova disso é que em 2020 o Fusca sagrou-se, mais uma vez, líder isolado entre os automóveis clássicos mais procurados, anunciados e vendidos na OLX, a maior plataforma de compra e venda online de carros do Brasil.

No ranking dos 10 automóveis clássicos mais procurados na plataforma em 2020, O “besouro” lidera as listas de procura, anúncios e vendas, com 25%, 24% e 24% do total de modelos clássicos, respectivamente. o Chevrolet Opala, outro ícone da indústria automobilística nacional, aparece na 2º colocação (18%); seguido pelo Chevette (7%), modelo também fabricado pela Chevrolet, marca pertencente à General Motors, na 3ª posição. Entre os Fuscas mais vendidos na plataforma online, o modelo fabricado em 1975 é o mais negociado, com média de preço de venda de aproximadamente R$ 12,5 mil. Os Fuscas produzidos em 1970 e 1980 vêm em seguida, cotados em cerca de R$ 22 mil e R$ 13 mil, respectivamente.

“O Fusca continua vivo no imaginário dos brasileiros e isso se reflete nas buscas dos usuários da plataforma interessados em modelos antigos. Ele segue com folga no topo dos rankings em comparação com outros automóveis de época”, explica Flávio Passos, Vice-Presidente de Autos e Comercial da OLX.

Deixe seu Comentário