Harley-Davidson Nightster escreve novo capítulo da história da linha Sportster

A Harley-Davidson acaba de apresentar a nova Nightster. A intenção da marca norte-americana é que o novo modelo represente um salto em desempenho e design, mantendo-se um ponto de entrada acessível para a linha Sportster e para a Harley. Totalmente nova, a motocicleta combina a silhueta clássica dos modelos da linha Sportster com o desempenho robusto do novo trem de força Revolution Max 975T, agregando recursos eletrônicos contemporâneos para uma nova geração de pilotos. “A Nightster é um instrumento de expressão e exploração, sustentado pelo desempenho. Para dar continuidade ao legado de 65 anos da Sportster, a Nightster fornece uma plataforma definitiva para personalização e expressão, tanto para pilotos novos quanto para os experientes”, explicou Jochen Zeitz, chairman, presidente e CEO da Harley-Davidson. A Nightster chega às concessionárias norte-americanas ainda em abril, com preço sugerido a partir de US$ 13.499, equivalentes a cerca de R$ 63.500. No Brasil só em 2023.

No coração da Nightster está o novo motor Revolution Max 975T. Com 975 cc, é um bicilíndrico em “V” de 60 graus refrigerado a líquido. Segundo a Harley, entrega uma curva de torque que permanece plana em toda a ampla faixa de potência – e com um desempenho projetado para fornecer forte aceleração e potência robusta na faixa intermediária. O comprimento e a forma das pilhas de velocidade de admissão, combinados com o volume da caixa de ar, são ajustados para aumentar o desempenho em toda a faixa de rotação. Com relação de compressão 12:1, atinge 91 cavalos a 7.500 rpm e 9,7 kgfm a 5 mil rpm. Os balancins ajudam a reduzir a vibração do motor para aumentar o conforto do piloto e melhorar a durabilidade do veículo.

Ao combinar um chassi ágil e leve com um motor potente, a Nightster busca uma combinação ideal para trafegar tanto no trânsito urbano quanto em estradas secundárias sinuosas. O guidão baixo coloca o piloto em uma postura centralizada e confortável. A altura do assento sem carga é de apenas 70,6 centímetros. Essa posição combinada com um perfil estreito torna possível para a maioria dos pilotos colocar os pés no chão em uma parada. A suspensão dianteira é de garfos convencionais Showa Dual Bending Valve de 41 milímetros, projetados para fornecer melhor desempenho de manuseio, mantendo o pneu mais tempo em contato com a superfície da estrada. A suspensão traseira tem dois amortecedores externos com tecnologia de emulsão e molas helicoidais.

A nova Harley-Davidson oferece modos de condução selecionáveis que controlam eletronicamente as características de desempenho da motocicleta e o nível de intervenção tecnológica. Cada Ride Mode consiste em uma combinação específica de entrega de potência, frenagem do motor, configurações de ABS e TCS. O motociclista pode usar o botão Mode no controlador direito para alterar o modo de condução ativo enquanto está pilotando ou quando está parado. Um ícone exclusivo para cada modo aparece no visor do instrumento quando é selecionado. O modo “Estrada” destina-se ao uso diário e oferece desempenho equilibrado, oferecendo uma resposta do acelerador menos agressiva e menos potência do motor de médio alcance do que o modo “Sport”, com um nível mais alto de intervenção do ABS e TCS. O “Sport” oferece todo o potencial de desempenho da motocicleta de maneira direta e precisa. Com ele, o TCS é ajustado para seu nível mais baixo de intervenção e a frenagem do motor é aumentada. E o modo “Chuva” foi projetado para dar ao motociclista maior confiança ao andar na pista molhada ou quando a tração é limitada. Nele, a resposta do acelerador e a saída de potência são programadas para restringir significativamente a taxa de aceleração, limitando a frenagem do motor, com níveis mais altos de intervenção do ABS e TCS.

O tanque de combustível de plástico leve de 11,7 litros está localizado abaixo do assento – o que parece ser um tanque tradicional à frente do banco é uma tampa de aço para a caixa de ar. Para acessar o bocal de abastecimento, o motociclista destrava o assento articulado. A localização do tanque abaixo do assentoresulta em um centro de gravidade mais baixo. A Nightster tem um velocímetro analógico redondo de 10,1 centímetros de diâmetro com um display de LCD multifuncional embutido montado no elevador do guidão. A iluminação totalmente em leds foi projetada para oferecer estilo e alto desempenho, ao mesmo tempo em que torna a motocicleta mais visível para outros veículos. O farol de leds Daymaker foi projetado para produzir uma propagação homogênea de luz. As opções de cores de pintura incluem Vivid Black, Gunship Grey e Redline Red. As duas últimas são aplicadas apenas à tampa da caixa de ar – os para-lamas são sempre finalizados em Vivid Black.

Edmundo Dantas / AutoMotrix – Fotos Divulgação